Batatas ao murro com molho funghi

Como eu dizia no post anterior, a semana santa se foi e suas sobrinhas ficaram na geladeira. Uma delas foi o molho do macarrão ao funghi. Aproveitei duas batatas cozidas que estavam se refrescando na geladeira e rapidinho saiu um jantar muito apetitoso. Eu usei o molho funghi mas vários outros ficariam igualmente deliciosos: quatro queijos, tomate com calabresa, bolonhesa… até com escarola a batata já figurou por aqui!

É simples assim: lave as batatas e cozinhe-as com casca em água e sal. Quando estiverem macias, escorra-as e aguarde esfriar. Coloque-as sobre papel laminado, dê literalmente um murro em cada – isso fará com que fiquem achatadas e abertas nas laterias, coloque uma pitada de sal, regue com azeite ou coloque uma manteiguinha. Leve ao forno para gratinar. O molho pode ser colocado sobre a batata ainda no forno ou já no prato. Um queijo parmesão por cima vai muito bem também!
Bom apetite.

Esse mesmo composto, o serviço de saúde do Reino Unido, ao menos dois terços dos homens que usam o medicamento dizem que ele funciona e provoca ereção .

Você também pode gostar...

8 comentários

  1. Nossa…. me deu água na boca!
    bj

  2. Maria, que delícia…batatas ao murro são sempre uma ótima e simples pedida! Adoro! E esse molho funghi deve ter dado um up delicioso!
    Um beijo!

    1. Humm… que delícia todos esses temperos… quero a de tomate seco e a de manjericão!!!
      Grande beijo querida!

  3. Simples e saborosa.
    Adoro o tal do "menos é mais"…

    vou testar essa logo! ;)

    bjs

    1. Também sou partidária disso, Marcel. E adoro esses jantarzinhos improvisados frutos das gostosuras do final de semana.
      Quando testar me conta!
      Beijo!

  4. celia diz:

    É, Maria, seu site abre meu apetite!

  5. Soninha diz:

    Gostaria que vc pode me enviar a beringela de familia, não estou conseguindo achar a mesma….bjs

    1. Olá, Soninha!
      A beringela está aqui nesse link: http://digamaria.com.br/archives/529
      Qualquer dúvida, cá estou. Beijo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.