Farofa colorida com couve e beterraba

27 de dezembro de 2011 13 Comentários por Maria

Farofa colorida

A existência dessa farofa se deve à pessoa que me ajuda a manter a casa em ordem. Uma vez por semana ela faxina tudo, arruma a cozinha bagunçada e deixa o fogão novo para outras aventuras. Numa dessas semanas ela se sentiu mal, saiu mais cedo e foi ao médico. Alguns exames e seu mal estar estava identificado: anemia. Logo estava medicada mas achei por bem pensar a médio prazo, ou seja, eu podia ajudá-la a criar hábitos alimentares que evitassem o retorno desse tipo de carência. Passei a fazer feijão sempre que ela estava em minha casa, destinei para esses dias as folhas de couve do canteiro e descobri que ela não gostava dessa folha; assim como sua filha lindinha que em tempos de férias a acompanha no trabalho.

Minha primeira tentativa foi essa couve assada. Ganhei o paladar da mãe, mas a pequena – acho que pelo simples fato de saber que era couve – não gostou. Na semana seguinte resolvi inovar com essa farofa e não contei do que se tratava, apenas disse que havia preparado uma farofa colorida especialmente para ela. Depois que as duas almoçaram perguntei pra pequena o que ela tinha achado da farofa. “Gostei”, disse ela. Perguntei se ela sabia do que era feita e, recebendo uma negativa, eu lhe disse: “beterraba e couve”.  Ela imediatamente fez uma cara de muita surpresa com um olhar que foi de mim até a mãe. Rindo, a mãe comentou “o que você achou que fosse o verde, milha filha, papagaio desfiado?”. Rimos todas. Mas acho que só eu guardava lá dentro um sorriso de satisfação, daqueles que nos transportam da cena da conquista direto para os planos de novas empreitadas.

Ingredientes para quatro pessoas
farinha de mandioca
2 beterrabas médias raladas
5 folhas de couve cortadas ao meio e fatiadas bem finas
50 gramas de manteiga
1/2 cebola
2 dentes de alho
um fio de azeite
sal a gosto
Farofa colorida

Modo de fazer
Aqueça uma frigideira grande em fogo baixo, acrescente o fio de azeite e metade da manteiga. Refogue a cebola até murchar, junte o alho e quando começar a dourar acrescente a beterraba. Mexa por alguns instantes, junte a couve e um pouco de sal. Aos poucos acrescente a farinha de mandioca e continue mexendo. Coloque o suficiente para ter cara de farofa, junte o restante da manteiga e mantenha no fogo até que esteja crocante. Acerte o sal e sirva.

Farofa colorida

12 Comentários

  1. Ive Luciana Resende
    6 anos atrás

    :) Adorei os ingredientes da farofa e principalmente o seu esforço (recompensado dignamente, rs) em adicionar ingredientes mais saudáveis no nosso prato do dia-adia. Abraços e Feliz 2012 pra vc, Maria.

    Responder

    • Maria
      6 anos atrás

      Que bom que gostou, Ive. Imagino que nem todo mundo se empolgue em pensar numa farofa com couve no meio. rsrs Mas lhe asseguro que ficou deliciosa. :)
      Um feliz, belo e saudável 2012 para todas nós!

      Responder

  2. Marco Knn
    6 anos atrás

    Oi Maria! Gostei da história dessa farofa. Muito legal!

    Vou guardar essa receita prá testar mais tarde. Fiquei curioso…

    Bjos

    Responder

    • Maria
      6 anos atrás

      Eu adoro quando as receitas trazem consigo boas histórias pra contar, Marco, e fico feliz que tenha gostado.
      Quando experimentar, por favor volte pra me contar o que achou.
      Beijo.

      Responder

  3. Vanessa Scanagatta
    6 anos atrás

    Oi Maria,

    há tempos que visito seu blog (que inclusive está adicionado em meus favoritos) mas nunca deixei um comentário o que é um pouco de ingratidão da minha parte já que fiz algumas das receitinhas maravilhosas que você tem por aqui… Então hoje entrei com um pouquinho mais de tempo decidida a lhe deixar este comentário em forma de agradecimento à você que compartilha estas maravilhas com a gente, não só as receitas mas também as histórias que me fazem lembrar também muito de mim mesma… Cozinhar pra mim é um ato sagrado, é um dom, uma dádiva, alimentar as pessoas, trazer alegria, reunir os amigos, a família, compartilhar… Desde criança observava minha vó na cozinha e pensava como era (e é) incrível tudo aquilo que ela fazia (e faz) e aprendi a fazer o mesmo. E hoje vejo seu blog com a mesma admiração que via a minha vó, uma pessoa que tem poder nas mãos de transformar simples ingredientes em uma refeição divina… Então, obrigada e espero que em 2012 você continue colorindo e enchendo nossos olhos com mais receitas e histórias maravilhosas como estas… Beijosss

    Responder

    • Maria
      6 anos atrás

      Vanessa, muito obrigada por ter dedicado parte do seu tempo para deixar um comentário tão carinhoso e especial. Fiquei emocionada ao ler você comparando sua admiração pela vó com a que tem pelo blog…
      Um 2012 lindo pra você. E que se a gente se encontre muito por aqui. ;)

      Responder

  4. Lucia+Helena
    6 anos atrás

    Olá minha linda!!!! Adoro receitas práticas e naturais,essa farofa é realmente muito saudável, eu até trocaria a manteiga pelo azeite extra virgem de oliva que amo e faço uso dele em tudo na minha cozinha. Acho que vale a pena gastar mais em alimento e economizar em remédios. Mas Maria, vc é muito inteligente ! Anemia se cura comendo vitaminas e essa farofa é tudo isso!!! Vc pode sugerir a sua secretária que tome todos os dias o suco de uma folha de couve batida com um copo de agua e gotas de limão tbm.

    Maria, me desculpe a audácia, mas vc sabia que uma colher de mel de abelhas com 20 gotinhas de extrato de própolis 2vzs ao dia cura qualquer mal??? Vai a dica!

    Querida, vou fazer essa deliciosa farofa! Amei…bjussss.

    Responder

    • Maria
      6 anos atrás

      Adorei a lembrança do suco de couve com limão, Lucia Helena. Na próxima vinda dela vou fazer pro almoço e sugerir que ela reproduza em casa.
      Mel eu como quase todo dia; própolis uso apenas quando tenho alguma inflamação. Você toma todo dia?
      Já o azeite é sem dúvida uma bela substituição. O problema é que eu adoro o gostinho da manteiga na farofa. rsrs
      E no mais, tudo correndo bem por aí neste fim de ano?
      Beijo!

      Responder

  5. Elis Gondim
    6 anos atrás

    Fiz ,esta receita hoje. A farofa ficou perfeita..

    Obrigada por compartilhar esas delícias.

    Um 2012 de muita paz e saude.

    Responder

  6. Maria
    6 anos atrás

    Adorei saber, Elis! Muito obrigada por vir me contar.
    Beijo e um lindo ano pela frente. :)

    Responder

  7. Irene
    5 anos atrás

    Maria,

    Agora que estou com mais tempo vou sempre fazer um 'tour ' por aqui e de cara me encantei com esta farofinha. Uma das minhas filhas adora farofa e por ela tinha todo dia nas refeições. Tive que cortar justamente pelo fato de não ser um prato muito nutritivo. Sei que vai ser difícil o aceite justamente por causa da beterraba e da couve, mas se a garotinha da história aprovou quem sabe terei sorte? A propósito, admirável o seu gesto em ajudar as pessoas que trabalham para você a entenderem a importância de uma boa alimentação. E eu vou pegando carona rss.

    bjo grande

    Responder

    • Maria
      5 anos atrás

      Agora todo dia de faxina eu descubro uma restrição da pequena para tentar mudar sua opinião na semana seguinte. rsrs E assim sigo fazendo boas ações e me divertindo.
      Tomara que sua filha goste. O sabor da couve e da beterraba não se sobressaem, ou seja, temos grandes chances de sucesso! ;)
      Manda notícias quando fizer.
      Beijo!

      Responder

One Trackback

  1. By Farofa com banana e castanha-de-caju | DigaMaria on 11 de outubro de 2012 at 17:47

    […] ou muito alho, pode ter o azedinho e a crocância do maracujá, pode ser farofa com banana ou até colorida com couve e beterraba. Seja como for, ela é sempre um acompanhamento festejado e admite as mais diversas […]

Deixe seu comentário

Os Campos com * são obrigatórios. Mas não se preocupe, seu e-mail não será divulgado.