Receita de empadão de banana da minha vó Lucy

6 de julho de 2012 29 Comentários por Maria

Se me perguntarem qual receita mais me remete à minha vó paterna eu ficaria em dúvida entre o nhoque de batata e este empadão de banana. O nhoque sempre foi sua marca registrada, tanto pela frequência com a qual o preparava, quanto pela sua consistência macia e leve. Já o empadão, esse nunca vi em outro lugar senão em sua cozinha (e posteriormente na da minha mãe e na minha).

Esse empadão de banana é desses pratos que a gente come feliz como acompanhamento no almoço (já fiz versão empadinhas para servir com picadinho de carne), um farto pedaço no lanche ou a qualquer hora para matar a fome e satisfazer o paladar. Minha mãe faz também uma versão com um pouco de açúcar e canela e, recentemente, resolvi diversificar acrescentando nata suíça (ou doce de leite) e castanhas e dando um acabamento de torta. Divino também.

empadão de banana torta de banana

É sempre um prazer trazer para vocês receitas que têm tanto valor para mim. E é sempre especial ter a oportunidade de homenagear as pessoas queridas que as trouxeram até mim. Um grande beijo para minha vó Lucy e bom vídeo para todos vocês.

Empadão de banana
(rende uma forma com aproximadamente 20 cm de diâmetro)

Ingredientes
250 gramas de farinha
de trigo peneirada
180 gramas de manteiga em temperatura ambiente
1 colher de café de sal
1 colher de café de açúcar
1 gema
50 ml de leite em temperatura ambiente
cerca de 1 dúzia de banana prata madura

Modo de fazer o empadão de banana
Coloque 180 gramas de manteiga em temperatura ambiente numa tigela e mexa com uma colher de pau ou espátula até que ela amoleça e torne-se um creme.

Ainda mexendo, junte 1 colher de café de sal, 1 colher de café de açúcar, 1 gema e 50 ml de leite em temperatura ambiente. Se preferir, utilize uma batedeira.

Quando estiver homogêneo, adicione aos poucos 250 gramas de farinha de trigo peneirada, mexendo sem parar.

Quando a massa formar uma bola, pare de mexer, aperte-a entre as mãos e embale em filme de PVC.

Deixe descansar na geladeira por pelo menos duas horas antes de usá-la. Isso facilitará o manuseio na hora de abri-la e evitará que ela encolha durante o cozimento.

Caso queira preparar com antecedência, a massa pode ser congelada. Para usá-la bastará descongelá-la na geladeira e em seguida abri-la, porém, sem amassá-la novamente.

Abra 2/3 da massa sobre uma superfície lisa e esfarinhada e, com o auxílio do rolo, transfira-a para o refratário onde montará o empadão.

Descasque e corte cerca de 1 dúzia de bananas prata em rodelas diagonais ou pedacinhos. Recheie o empadão apertando delicadamente com um garfo (isso aumentará a aderência entre as bananas e a quantidade de recheio).

Abra o restante da massa e cubra o empadão. Una e acerte as bordas e, para um acabamento dourado, pincele gema de ovo.

Leve ao forno médio para assar.

Depois de pronto e frio, o empadão de banana poderá ser congelado.

Dica: para quem acha que lugar de ingrediente doce é na sobremesa, coloque um pouco menos de banana, distribua doce de leite por cima e salpique com nozes ou castanhas trituradas. Cubra com tiras de massa, pincele com gema e asse em forno médio.

29 Comentários

  1. Iris Di Ciommo
    6 anos atrás

    Mais uma vez: LINDO!!! e que apetitosa é esta torta. Parabéns!

    Responder

  2. Leda guerra
    6 anos atrás

    Maria, de tanto ver seu blog e chama-lo de inspiradosr, terminei por criar o meu, embora nao tenha grandes pretensões com ele. Talvez porisso ele se chama taosimplesquanto.blogspot.com

    Que tal me visitar? Eu vou amar…

    Ah, e a sua receita da vovó sera executada amanha mesmo para esperar uma pessoa muito especial para mim!

    Obrigada!

    Responder

    • Maria
      6 anos atrás

      Já fui e já gostei, Leda. :) Para mim é sempre motivo de alegria saber que inspirei pessoas a apostarem nos seus gostos e desejos. Que o blog lhe traga muitas trocas e pessoas queridas.
      E o empadão, você fez? Quero saber o que achou.
      Beijo!

      Responder

  3. Helena
    6 anos atrás

    Oi Maria!

    Já fiz a versão empadinha, que servi num lanche. Além do picadinho, o que vc indica para servir com o empadão, pois a ideia dele assim, maior, é excelente!

    beijos e bom domingo!

    Responder

    • Maria
      6 anos atrás

      Helena, por aqui esse empadão já foi pra mesa tanto num lanche acompanhado de uma farta salada quanto no almoço com carne, arroz e feijão. Lembrei também de um restaurante que serve uma tortinha de banana com arroz de espinafre e filé mignon em crosta de provolone. A combinação fica uma delícia. (deveria ter pensado em opções vegetarianas? rs)
      Beijão!

      Responder

  4. Lia
    6 anos atrás

    Fiz e adorei.Santa vózinha vc. tem.Só que não tinha toda a quantidade de banana completei com pera.Ficou muito bom,achei legal que tanto serve de sobremesa como para acompanhar salgado.Abraço,Lia

    Responder

    • Maria
      6 anos atrás

      O espírito é esse mesmo, Lia; esse empadão vai bem com tudo. Gostei do seu improviso com a pera. Acredita que nunca experimentei com outra fruta?! rsrs
      Beijo e obrigada por vir contar.

      Responder

  5. Livia
    6 anos atrás

    Maria! tentei fazer essa torta sabado mas a massa ficou dura e nao consegui abrir. Ela ficou na geladeira, descansou, mas não deu.. um Beijo

    Responder

    • Maria
      6 anos atrás

      Sinto muito, Lívia… Ela fica meio dura logo que sai da geladeira mas com o manuseio vai se tornando mais maleável. Se animar de novo, aqui vai o link para uma outra massa que não precisa descansar nem abrir no rolo (daquelas que esfarelam e que a gente vai moldando na mão): http://digamaria.com/2012/01/receita-de-familia-e
      Beijo.

      Responder

  6. Helena
    6 anos atrás

    Oi Maria!

    Fiz no final de semana passado e só consegui estivar na superfície de madeira, colcoando um pouquinho mais de farinha.

    Ficou ótimo e servi acompanhando um arroz de frutos do mar (bom…só tres: peixe, camarão e lula) e salada verde. Uma delícia!!!

    Mais um sucesso do DigaMaria!

    Beijos!

    Responder

    • Maria
      6 anos atrás

      Adoro essa combinação banana com peixe. Que bom que aprovaram por aí também.
      Beijão!

      Responder

  7. Marri
    6 anos atrás

    Sera que da certo com banana d'agua? Sera que fica umida demais?

    Beijos!

    Responder

    • Maria
      6 anos atrás

      Já comi com banana da terra, mas nunca com a d´agua. Talvez solte muita água, Marri. Tem dificuldade em encontrar a prata?

      Responder

  8. Getulio
    6 anos atrás

    Boa tarde Maria, a Paz!!

    Já tinha visto em uma padaria aqui perto, mas não gostei; a massa era muito grossa o que tornava a aparência pesada, grosseira – resumindo horrível.

    Fiz nas 3 versões (só banana, banana com açúcar e canela e banana com doce de leite e castanha/nozes), utilizando massa de empadão neutra, sem açúcar ou sal.

    As três ficaram excelentes e já foram incorporadas ao meu portifólio de produtos congelados que vendo por aqui.

    Agora vou tentar um de banana da terra com camarão envolto em creme de batata salsa (baroa) com leite de coco.

    Inventar é bom, só espero que dê certo!

    Um grande abraço.

    Fique com Deus!!

    Getulio Pessôa

    Responder

    • Maria
      6 anos atrás

      Depois me conte dessa última versão, Getúlio! Fiquei curiosíssima!
      Grande abraço!

      Responder

  9. Ethienne
    6 anos atrás

    Oi Maria, queria que me tirasse uma dúvida.

    Caso eu queira fazer o empadão de véspera para serví-lo no dia seguinte, qual o procedimento?

    Deixo ele pronto (coloco na geladeira) e só asso na hora de servir, ou faço, asso e congelo ou coloco na geladeira?

    Eu estava querendo fazer essa massa pra fazer um empadão de frango. Creio que dê certo tb né?!

    Grande beijo!!

    Ethienne.

    Responder

    • Maria
      6 anos atrás

      Pode sim usar a massa para um empadão de frango, Ethienne. Se quiser uma que não precise descansar ou abrir no rolo, também gosto muito dessa daqui (menos macia e mais esfarelada se comparada à deste post): http://bit.ly/quichedequeijo

      Quanto à antecedência, sugiro o seguinte: monte o empadão e asse sem deixar dourar. Aguarde esfriar, cubra e guarde na geladeira (se for fazer com mais antecedência que 1 ou 2 dias, congele). Próximo da hora de servir, leve novamente ao forno até dourar (se tiver congelado, descongele na geladeira para depois levar ao forno). E depois me conte tudo! Beijo!

      Responder

      • Ethienne
        6 anos atrás

        Brigada flor!!

        Vou testar a receita e volto pra falar sim, com certeza!!

        Grande beijo!!!

        Responder

  10. Mariana
    6 anos atrás

    Mais uma vez…lindo e certamente delicioso…

    Parabéns, Maria…vc é um docinho…

    Responder

  11. Cozinhar sem lactose
    6 anos atrás

    Parece uma delícia! :-)

    Responder

  12. Maria
    6 anos atrás

    *-*

    Responder

  13. Maria
    6 anos atrás

    E é! ;)

    Responder

  14. christian
    4 anos atrás

    estou assando ele agora , se ficar gostoso como o nhoque de banana não vai sobrar nada!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Responder

  15. Marcelo
    3 anos atrás

    Maria vou fazer o empadão hoje, a receita é com farinha sem fermento ou com fermento, sou principiante. Adoro assistir suas receitas no diga Maria do canal chef tv… abraço

    Responder

    • Maria
      3 anos atrás

      Oi, Marcelo! Sem fermento.
      Me conta o resultado! ;D

      Responder

      • Marcelo
        3 anos atrás

        Ficou uma delicia, fez sucesso. valeu

        Responder

  16. Omar Burneo
    3 anos atrás

    Uma gostosura, Maria. E voce uma boa professora.

    Responder

Deixe seu comentário

Os Campos com * são obrigatórios. Mas não se preocupe, seu e-mail não será divulgado.