Purê de aipim com ovo perfeito

12 de março de 2013 20 Comentários por Maria

Purê de aipim com ovo perfeito

Pode ser por falta de tempo, falta de vontade ou de inspiração: há dias nos quais até mesmo eu, que amo cozinhar, não quero pensar em nada, criar nada, pesquisar nada, ainda que seja um cardápio de delivery. Mas independente de qualquer um desses “estados de espírito”, fato é que o estômago ronca e o roncar do meu sempre pede algo gostoso. Na última vez que isso aconteceu, achei que a solução que encontrei merecia ser compartilhada com vocês. purê de aipim

Bastou um aipim que já estava cozido na geladeira, um pouco de leite e uma colherada de manteiga: purê de aipim pronto. Água fervente, cronômetro: ovo cozido no ponto perfeito. Sal para realçar e uma mistura de pimentas moídas para compor o sabor.

Purê de aipim com ovo perfeito: uma refeição substanciosa, saborosa e acalentadora, pronta em 10 minutos.

Rendimento
1 pessoa

Ingredientes
1 ovo
1 1/2 xícaras de aipim (mandioca) cozido em água e sal (escorrido)
1/3  de xícara de leite ou mais
1 colher de sopa de manteiga
mix de pimentas branca, preta e rosa moídas na hora
sal a gosto

Purê de aipim com ovo perfeito

Modo de fazer
Pique o aipim cozido e coloque-o numa panelinha junto com o leite e a manteiga. Transforme os ingredientes em purê com a ajuda de um mixer, amassador ou espremedor de batatas.

Aqueça o purê, acerte o sal e acrescente mais leite se achar necessário.

Coloque para ferver água suficiente para cobrir o ovo. Quando levantar fervura, acrescente cuidadosamente o ovo e marque 4 min 30 s, caso goste da gema no ponto dessa que fiz. Depois desse tempo, retire o ovo, coloque-o debaixo de água fria e descasque.

Transfira o purê de aipim para um prato fundo e salpique o mix de pimentas ao redor. Coloque o ovo por cima, abra-o com uma faca afiada e coloque sal a gosto.

Purê de aipim com ovo perfeito

Dicas
Ter em casa alguns alimentos como aipim ou batata cozida, cenoura ou pepino agridoce, ovos, embutidos, tomates, folhas já higienizadas, macarrão, fubá, arroz comum e arbóreo ajudam e muito no improviso de refeições rápidas e gostosas. Querem alguns exemplos?! Aqui vão: salada com presunto cru e cream cheese, massa rápida com tomate fresco, massa com molho branco e bacon, massa com manteiga, ovo e creme de leite, polenta vitaminada, salada com croutons e linguiça, salada com figos assados e croutons.

Para finalizar, uma curiosidade sobre o ovo perfeito que encontrei no Marketing na Cozinha: uma tabela interativa para determinar o tempo de cozimento do ovo perfeito considerando diâmetro e temperatura do ovo, nível do mar e o ponto da gema preferido. É no mínimo divertido.

20 Comentários

  1. Ana Paula
    4 anos atrás

    Adoro purê. Faço de batata, de couve flor, de brocolis…. uhmmmm
    E esse purezinho de aipim com ovo ficou deliciosamente lindo!
    Bjos!
    ;)

    Responder

    • Maria
      4 anos atrás

      Também amo purê, Ana Paula, e tenho comido muito esse de aipim. O de couve-flor sou louca para experimentar; não sei o que estou esperando. ;)
      Beijo!

      Responder

  2. Marcondes
    4 anos atrás

    Fiquei curioso com o "há dias nos quais até mesmo eu, que amo cozinhar, não quero pensar em nada, criar nada, pesquisar nada, ainda que seja um cardápio de delivery", então quer dizer que todos os dias tu tá sempre preocupada com o cardápio? Queria que nossas mães (a maioria é), mulheres, etc, fossem assim. Abraço.

    Responder

    • Maria
      4 anos atrás

      Marcondes, eu só me dei conta disso quando recebi por uma semana a visita de uma prima adolescente e um dia depois do almoço ela me perguntou: "você sempre termina uma refeição já pensando na outra?". Mas eu não usaria a palavra "preocupada", mas sim "envolvida". Isso para mim é um hábito, um prazer, quase um vício. :)

      Responder

    • rita
      4 anos atrás

      Queria mesmo é que todos (inclusive, maridos, filhos, irmãos, namorados ETC) fossem assim! Preocupar-se com a alimentação é uma gesto de carinho a ser realizado por todos e não APENAS por mulheres!
      Rita

      Responder

  3. Bárbara
    4 anos atrás

    Que delícia, Maria! Adoro alimentos simples que, com um pouco de carinho e cuidado, se transformam numa linda refeição :)

    Responder

    • Maria
      4 anos atrás

      Pois é, Bárbara, e esse pode ser para todos nós um prazeroso exercício cotidiano. ;*

      Responder

  4. Susana
    4 anos atrás

    Ficou mesmo delicioso, kiss
    Susana

    Responder

    • Maria
      4 anos atrás

      Acho que purê e ovo com gema mole se atraem, Susana. E o de aipim é tão mais saboroso que o de batata… Beijo!

      Responder

  5. Marcia Cardinali
    4 anos atrás

    Esse ovo está com uma cara simplesmente MARAVILHOSA… Beijos.

    Responder

    • Maria
      4 anos atrás

      Ovo cozido aqui em casa é sempre nesse ponto, Marcia. Amo gema mole!
      Obs.: viu o link no final do post para a tabela de tempo de cozimento?

      Responder

  6. maria clara bfpaulo
    4 anos atrás

    Em casa jantamos tarde e vivo em busca de refeições mais leves, mas esse purê com uma saladinha verde e um pouquinho de arroz (eu sei que não devemos misturar os dois mas….), verdadeiro manjar dos Deuses.
    Amo suas receitas.
    Bjus minha linda.
    Maria Clara

    Responder

  7. Ethienne
    4 anos atrás

    Ai Maria… te entendo perfeitamente!! Cozinhar é pra mim uma terapia, algo que faço com prazer, mas tem dias que meu sonho é chegar em casa e encontrar uma comidinha pronta só me esperando e não pensar em mais nada além de colocar as pernas pro ar e descansar!! Como eu sofri com isso assim que casei!! Casa de mãe é tudo de bom!!
    E quanto a esses ingredientes curingas que vc deu a dica, realmente são uma mão na roda!! Sempre os tenho em casa, e eles são capazes de salvar qualquer cardápio e qualquer preguiça!! rsss
    Grande beijo!!

    Responder

    • Maria
      4 anos atrás

      Recentemente trouxe a sua frase “casa de mãe é tudo de bom” para a prática. Aproveitei que o marido viajou e fiz várias refeições na casa da minha mãe, além de trazer algumas marmitinhas preparadas por ela. O próprio aipim deste post veio cozido da casa dela. ahahaha
      Outra coisa que tenho feito é, sempre que preparo um empadão, uma carne de panela, feijão e por aí vai, faço um pouco mais e congelo. Assim, quando bate a preguiça, tenho onde recorrer. ;)
      Beijão!

      Responder

  8. Paula
    4 anos atrás

    Oi, tudo bem com você?? Gostaria de fazer uma pergunta, e näo sobre a deliciosa receita acima. Você teria umas dicas para cozinhar alcachofras frescas??? Amo alcachofras, mas sempre ficam täo amargas, será a qualidade ou o preparo?? beijos

    Responder

  9. Paula
    4 anos atrás

    Obrigada, querida Maria!!! Você é demais, vou reunir forças e tentar novamente. Desta vez, com este ótimo vídeo!!! beijos

    Responder

    • Maria
      4 anos atrás

      Que bom que gostou! Aguardo notícias das suas alcachofras enquanto animo para preparar as minhas primeiras. ;)

      Responder

Deixe seu comentário

Os Campos com * são obrigatórios. Mas não se preocupe, seu e-mail não será divulgado.