Quibe vegetariano de abóbora e aveia

16 de abril de 2013 21 Comentários por Maria

Quibe vegetariano de abóbora e aveia com coalhada

Outro dia, durante uma conversa sobre tatuagens, me peguei pesquisando alguma figura que simbolizasse o escambo. Essa forma primitiva de comércio consiste na troca de mercadorias, dispensando assim o dinheiro. Certamente não se trata de um sistema simples mas tampouco deveria ser tão complexo quanto nosso atual sistema financeiro. Mas não é nessas diferenças que nos aprofundaremos.

O escambo me encanta por implicar na troca de um trabalho por outro, numa produção pela outra, na dedicação de uma pessoa pela dedicação da outra. De vez em quando essa preciosa oportunidade bate à nossa porta, como aconteceu na história a seguir quando pude deixar o dinheiro de lado e pagar  – ou retribuir – com todo carinho que é o ato de cozinhar.

A aula de yoga havia terminado há pouco quando a instrutora anunciou que haveria um curso de formação com duração de mais de um ano e que na próxima aula ela levaria as informações por escrito. Acho que meus olhos brilharam pois internamente eu sorria para aquela chance de aprofundamento. Levei o sorriso ao rosto, despedi de minhas colegas de classe e da instrutora e subi na bicicleta vermelha. Dei as primeiras voltas no pedal e o sorriso despencou: eu não tinha dinheiro para pagar aquelas aulas! Distraí a volta para casa com a paisagem e me conformei. Paciência.

O curso começou sem mim e durante um café da manhã com minha irmã e nossa linda instrutora eu esclareci: “só não me juntei a vocês por uma questão financeira, mas na próxima turma aposto que estarei lá”. Ela me olhou surpresa e disse: “puxa, por que não me disse antes?! Eu bem que senti que você tinha ficado interessada”. Em seguida me disse seus custos, perguntou se aquela quantia eu poderia pagar e abriu seus braços num sorriso de boas-vindas à turma. Minha irmã, que escutava toda a conversa, não perdeu tempo e cochichou: “pede pra ela pagar em comidinhas!” E o trato foi feito, os corações se abriram ainda mais e pude sentir o prazer da generosidade que eu recebia e que eu poderia retribuir com a melhor moeda que dispunha.

Quibe vegetariano de abóbora e aveia com coalhada

Naquele dia começavam para mim dois novos desafios: um no yoga e outro na cozinha. A querida instrutora – como já era de se esperar – é vegetariana e, por estar grávida, não tem lhe caído bem alguns alimentos e temperos de sabores mais fortes. Admito, fiquei um pouco desesperada no início. Depois respirei, passei um final de semana pensando nas possibilidades e percebi que havia em mim um certo bloqueio mental a respeito do assunto. Nova tentativa: pedi socorro aos leitores do DigaMaria que me acompanham pelo Facebook e recebi diversos e-mails gentis e solícitos, recheados com receitas e sugestões vegetarianas.

Então, além de participar da alimentação da minha instrutora e de seu bebê, trarei para o blog mais opções sem carne e – atendendo a pedidos – algumas receitas sem alho ou cebola. Quanto aos carnívoros convictos, não se preocupem, continuo a mesma e continuaremos tendo muitas de receitas com carne por aqui. Mas não descartem as vegetarianas, eu lhes asseguro que terão sempre boa consistência e sabor. Confiem em mim! ;)

Quibe vegetariano de abóbora e aveia

A textura desse quibe de abóbora lembra a de um quibe tradicional, mas é um pouco mais macia. Seu tempero é suave e acompanhado de coalhada seca compôs um almoço daqueles que a gente não quer parar de comer (e ainda podemos contar com o argumento de ser uma refeição muito saudável!). A inspiração e praticamente todas as quantidades para esse quibe de abóbora vieram do blog Cantina de Dom Fuas e a receita original está aqui. A receita da coalhada seca logo virá para o DigaMaria num post que passará do leite para o iogurte natural, dele para o iogurte grego, para enfim chegarmos à coalhada.

Ingredientes
1 xícara de trigo para quibe
1/2 xícara de aveia em grãos
1 xícara de purê de abóbora (preferencialmente assada para não absorver água durante o cozimento)
2 colheres de sopa de nozes ou nozes-pecãs picadas
1 colher de sopa de folhas picadas de hortelã
1/3 de xícara de cebola picada pequena
8 grãos de pimenta-da-jamaica triturados ou esmagados
1 1/2 colher de chá de sal
4 xícaras de água

aveia em grãos
para quem não conhece, essa é a aveia em grãos

Rendimento
4 a 6 porções

Modo de fazer o quibe de abóbora
Preaqueça o forno em temperatura média.

Coloque o trigo para quibe e a aveia em grãos juntos em uma vasilha. Ferva a água e despeje sobre eles. Deixe descansar e hidratar por 30 minutos. Passado esse tempo, escorra a água e aperte os grãos com as mãos para tirar todo o excesso de umidade.

Misture todos os ingredientes até combiná-los. Aproveite para experimentar o tempero e o sal e, se necessário, acerte conforme seu gosto.

Unte com azeite um refratário com capacidade para 1,3 litros. Transfira para ele a mistura e compacte apertando com as costas de uma colher. Faça ranhuras diagonais e regue com azeite. Leve ao forno até firmar e dourar.

Dica
Depois de assado, esse quibe de abóbora pode ser congelado. Para isso, aguarde esfriar, acomode num recipiente bem fechado e leve ao congelador. Na hora de comer, basta colocá-lo destampado no forno, em temperatura baixa, até descongelar e esquentar.

Agradeço a todos que se prontificaram a me ajudar com as comidas vegetarianas e dedico um obrigada mais que especial à Alice Gussoni, à Ivy Farias, à Ana Vergara e à minha prima Helena.

20 Comentários

  1. Susana
    5 anos atrás

    Que bela sugestão, gostei muito, kiss

    Nota: Ver os passatempos a decorrer no meu blog:
    http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/04/projeto
    http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/04/passate

    Responder

    • Maria
      5 anos atrás

      É uma boa receita para fazer e contar com ela em dias de preguiça; dá inclusive para congelar.
      Quantos aos links, não consegui abrí-los, Susy. :(

      Responder

  2. smosaito
    5 anos atrás

    Maria, eu não sou vegetariana, mas adoro as receitas da Sandra, do blog http://www.papacapimveg.com
    São fantásticas!! Além do trabalho dela como voluntária na Palestina, que é admirável.
    Com certeza vc encontrará boas inspirações por lá.
    Beijos!!

    Responder

    • Maria
      5 anos atrás

      Super obrigada pela dica, Sophia! Já assinei a newsletter, me diverti com alguns textos e fiquei muito interessada na massa com couve-flor assada e molho de nozes. rs
      Beijo!

      Responder

  3. Átma
    5 anos atrás

    amada flor, eu sou eternamente grata aos seus cuidados e tenho sentido já saudades das comidinhas delícia nos dias que não pude estar na cidade pra me deliciar com seu amor que vem no alimento!!! Beijamor

    Responder

    • Maria
      5 anos atrás

      Tenho certeza que logo você estará por aqui conosco, Átma.
      Esse quibe que publiquei fiz mais temperado do que aquele que você comeu. Farei novamente para você experimentar junto com a coalhada seca.
      Obrigada por expandir meus horizontes nesse tão generoso universo de trocas.
      Grande beijo.

      Responder

  4. Ana Vergara
    5 anos atrás

    huuummm, tá de encher a boca de água! Suas receitas estão sempre me inspirando…adorei e vou já testar!
    bjs DaAna

    Responder

    • Maria
      5 anos atrás

      Bom teste, Ana! Aguardo pelo resultado enquanto me divirto com as muitas sugestões que você enviou. ;)

      Responder

  5. ignez
    5 anos atrás

    tudo que eu queria num post só! que felicidade! :D

    Responder

    • Maria
      5 anos atrás

      Ai, Ig… Você fica mais linda a cada dia. ;*

      Responder

  6. Léia
    4 anos atrás

    Oi Maria adoro kibe, não sou vegetariana, já fiz com berinjela.Com abóbora deve ficar muito bom.Adorei a dica.Beijos querida.

    Responder

    • Maria
      4 anos atrás

      Fiquei curiosa com esse de berinjela, Léia. Está no seu blog? Dei uma olhada lá em lanches e não achei, mas fiquei impressionada com a quantidade de receitas de salgados que você já postou. Estou de olho naquela esfiha. ;)
      Beijo!

      Responder

  7. Viviane Vieira
    4 anos atrás

    Adorei!

    Responder

    • Maria
      4 anos atrás

      Acompanhado dessa coalhada seca então, Viviane… ficou muito bom!!

      Responder

  8. Abilio Ticle
    4 anos atrás

    Em uma reunião com amigos em minha casa fiz um jantar árabe. Fiz o quibe vegetariano pra uma de minhas amigas. Dividi a massa em duas partes colocando um recheio de cebola, tomates, abobrinha e ervas finas. Requei com manteiga na hora de assar. Fez mais sucesso que o quibe tradicional.

    Responder

    • Maria
      4 anos atrás

      Adorei essa ideia de rechear, Abilio! Experimentarei na próxima fornada desse quibe.
      Obrigada por vir contar a sua experiência; é uma alegria saber das receitas do DigaMaria nas mesas desse mundo afora. :)

      Responder

  9. vanessa
    4 anos atrás

    nossa maria
    deve ser divino!!!

    Responder

    • Maria
      4 anos atrás

      Sou suspeita para falar… Mas é mesmo, Vanessa. ;)

      Responder

  10. Rodolfo
    3 anos atrás

    Olá Maria, que bela sugestão! Estava procurando algumas receitas diferentes e acabei caindo aqui no seu blog, fiz o quibe, ficou ótimo, parabéns! Seguidor assiduo do blog agora. Próxima receita é o Macarrão de abobrinha e iogurte rs :)

    Responder

  11. celia
    1 ano atrás

    adooro este quibe, Maria!

    É a segunda vez que faço este mês, para receber visitas queridas. Fácil, rápido e agrada sempre, vegetarianos e não vegetarianos!

    Responder

One Trackback

  1. […] Kibe de abóbora da Maria Capai do Diga Maria, a diferença é que a Maria usou aveia em grãos – legal, […]

Deixe seu comentário

Os Campos com * são obrigatórios. Mas não se preocupe, seu e-mail não será divulgado.