Pudim de pão e caramelo da Nigella Lawson

9 de Maio de 2013 27 Comentários por Maria

Pudim de pão e caramelo, uma receita da Nigella Lawson.
Conteúdo publicado no Prazer&Cia do Jornal A Gazeta em 03/05/2013.

receita pudim de pão e caramelo Nigella

Dia desses o telefone tocou e do outro lado da linha estava minha avó. Ela dizia para eu não estranhar aquele telefonema no meio da tarde e que precisava me contar o sonho que tivera durante a sesta. Eu era presidenta da república! E ela, minha costureira, sonhava que a presidenta um dia colocasse seu nome no jornal. Após algumas risadas eu lhe disse: Vó, se você me poupar do cargo de presidenta da república eu prometo que ainda coloco seu nome no jornal.

Foi então a minha vez de virar costureira e juntar bons retalhos da nossa história em busca de uma receita com a cara das inesquecíveis férias que passei com a minha vó Lucy. Levei comigo a imagem dos retalhos e, num certo momento, os fragmentos de tecido viraram fragmentos de pão: as migalhas do pudim de pão da minha avó! Imagino que muitos de vocês tenham receitas similares, vindas justamente de suas avós. Busquei então uma versão não muito comum por aqui, mas frequente em sites estrangeiros. A essência é a mesma – uma mistura de pão dormido com leite, ovos e açúcar –, porém, o pão é mantido em pedaços e isso resulta em duas consistências para a mesma sobremesa: uma base macia com o pão totalmente embebido no liquido e outra mais crocante e dourada por cima.

Mas ainda faltava uma segunda pitada de novidade e quem me ofereceu isso foi a adorada Nigella com seu pudim de pão croissant e caramelo.

receita pudim de pão e caramelo Nigella

Poupei vocês e a mim das calorias do croissant – aquela perdição da qual tento manter distância – e o substituí por pão de sal, ou pão francês. O açúcar é caramelado antes de se misturar ao leite e o resultado é um pudim de pão divino, não muito doce e com um toque de rum. Portanto, recomendo que na próxima ida à padaria vocês comprem uns pãezinhos a mais.

Lucy Derci Capai, muito obrigada pela inspiração que você desde sempre me oferece, na culinária, no não desperdício e na alegria e leveza contidas na simplicidade do dia-a-dia.

Rendimento
Serve dois gulosos

Ingredientes
2 pães de sal (ou 2 croissants)
1 xícara de açúcar refinado (100 g)
2 colheres de sopa de água
½ xícara de creme de leite fresco
½ xícara de leite integral
2 colheres de sopa de rum
2 ovos ligeiramente batidos
manteiga para untar o refratário
para decorar (opcional)
açúcar de confeiteiro

Modo de fazer
Preaqueça o forno a 180°C.

Unte um refratário pequeno com manteiga; eu usei um com capacidade para 2 copos (1/2 litro). Pique os pães em pedaços e acomode-os no refratário.

receita pudim de pão e caramelo Nigella

Coloque o açúcar e a água numa panela de fundo grosso e misture bem para dissolver o açúcar. Leve ao fogo médio e não mexa mais; apenas agite cuidadosamente a panela de vez em quando para caramelar por igual. Em aproximadamente 5 minutos você verá uma cor dourada começando a escurecer – fique atento pois em segundos o ponto ideal se torna açúcar queimado. Quando atingir essa cor, abaixe o fogo e misture o creme de leite fresco. Vai borbulhar bastante, mas siga mexendo a uma certa distância. Acrescente em seguida o leite e o rum. Se ficar algum pedacinho sólido de caramelo, ele logo dissolverá à medida que você mexe.

receita pudim de pão e caramelo Nigella
cor ideal para esse caramelo

Quando estiver homogêneo, desligue o fogo e aos poucos adicione essa mistura de leite e açúcar sobre os ovos batidos, mexendo sem parar.

Por fim, despeje o creme caramelado sobre os pães e deixe descansar por 10 minutos para o pão ficar bem embebido com o líquido.

Asse em forno preaquecido por cerca de 20 minutos ou até que a base esteja firme e a superfície dourada. Deixe amornar e sirva em seguida.

27 Comentários

  1. iris di ciommo
    6 anos atrás

    as receitas do coração são as mais saborosas!!!!!!!!!

    Responder

  2. Rosangela Lopes
    6 anos atrás

    Olá, adorei a receita estou curiosa para testa-la, porém gostaria de saber se posso substituir rum por vinho tinto seco?

    Responder

    • Maria
      6 anos atrás

      Olá, Rosangela. Fiquei pensando sobre a sua pergunta e me lembrei de uma rabanada de panetone que fiz testando usar algumas bebidas; a versão com vinho do Porto não me agradou. Se não quiser usar rum sugiro que faça a receita sem nenhuma bebida alcoolica, ou coloque umas gotinhas de essência de baunilha. :) Volta para me contar quando fizer?!

      Responder

      • Larissa
        5 anos atrás

        Maria eu vi uma receita de pudim de pão feita pelo Chuck que levava cerveja preta e chocolate! Nunca comi pudim de pão porque acho que nao vou gostar acredita? Rsrsrrs vou acabar com esse meu preconceito e vou fazer esse da nigella (o pão dela tinha que ser o mais gordo? Rsrsrsr)

        Bjs

        Responder

        • Maria
          5 anos atrás

          Ah, já vi essa receita num programa nacional, mas confesso que não me empolguei com a combinação. rs Eu também tinha um certo preconceito com o tradicional pudim de pão; tinha a impressão de ter experimentado na infância e não ter gostado. Mas essas versões com pães picados, ao invés das receitas de vó que eu conhecia com o pão totalmente desfeito no leite, me encantaram. Aposto que você vai gostar! Aguardo seus comentários. ;)

          Responder

          • Larissa
            5 anos atrás

            Vou fazer sim, mas com o croissant que eu amooo!

          • Maria
            5 anos atrás

            Por favor volte para me contar tudo, Larissa! Quem sabe me encorajo?! ;)

  3. marcia
    6 anos atrás

    Adoro ver você cozinhando, de forma muito simples, referente a esta receita de pudim de pão posso substituir o creme de leite fresco, não costumo comprar e aqui em São Paulo acho
    muito caro!!

    Responder

    • Maria
      5 anos atrás

      Marcia, o pudim de panetone (http://bit.ly/W6oEvA) faço com creme de leite em lata. No entanto, nesta receita, o creme de leite entra em contato com o caramelo fervente e por isso pode ser que não funcione com o de lata. Quis testar sem o creme de leite fresco e para evitar esse contato do creme de leite em lata com o caramelo coloquei primeiro o leite e ele imediatamente talhou. Moral da história, se for usar o de lata sugiro que misture os ingredientes todos frios, sem caramelizar o açúcar. O resultado será diferente, mas certamente muito bom. ;)

      Responder

  4. Rachel Azevedo
    6 anos atrás

    Hummmmmmmmmm, fiquei com água na boca Maria… também adoro pudim de pão pedaçudo, mas assim feito com o caramelo nunca tinha visto, terei de provar logo, logo…rs!
    Bjuss!!!

    Responder

    • Maria
      5 anos atrás

      Experimenta sim, Rachel. E de preferência morninho. Só de falar fico com saudade dele. rs
      Beijo!

      Responder

  5. Susana
    6 anos atrás

    Esse pudim deve ser uma verdadeira tentação.
    Kiss, Susana
    Nota: Ver o passatempo a decorrer no meu blog: http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/05/2-edica

    Responder

    • Maria
      5 anos atrás

      De fato é, Susana! Já ando ensaiando novas versões. ;)
      Beijo!

      Responder

  6. Aline Falcao
    6 anos atrás

    Vc é um doce Mary.

    Bjão

    Responder

  7. smosaito
    6 anos atrás

    Maria, tb estou interessada em saber sobre a possibilidade de substituir o creme de leite fresco e se posso usar pedaços de pão sovado em vez de pão francês. É que sou mto prática e quero usar o que tenho em casa, hahaha! Parece uma delícia esse pudim de pão. Beijos!!

    Responder

    • Maria
      5 anos atrás

      Está certíssima, Sophia. Sou das suas. ;)
      Falei sobre o creme de leite logo ali, em resposta à pergunta da Marcia. O resultado ficará diferente com pão sovado… mas pode ficar interessante. Volta pra me contar se fizer?
      Beijo!

      Responder

      • helga
        11 meses atrás

        oi! fiz esta receita algumas vezes e adoro! eu já fiz com pão sovado e ficou bem gostoso. passei um pouco de manteiga nos pedaços para dar mais cremosidade e tirei as cascas mais grossas porque não gosto de encontrar pedaços de cascas. ah!… e eu uso meia xicara de açucar cristal…
        adoro as suas receitas!
        beijo!

        Responder

        • Maria
          11 meses atrás

          Adorei saber que já fez algumas vezes, Helga. Essa é mesmo uma receita que vale ser repetida. E a dica de tirar as cascas mais grossas é preciosa.

          Beijocas e lindo ano!

          Responder

  8. Denise Telles
    5 anos atrás

    "serve dois gulosos"
    <3

    Responder

    • Maria
      5 anos atrás

      Traduzido na Nigella. Também amei. :)

      Responder

  9. Edna Mateus
    5 anos atrás

    Minha mãe fazia quando éramos criança uma receita muito parecida, utilizando-se de pão francês.
    A diferença fica por conta de dois itens:
    A receita da minha mãe leva coco ralado, que é salpicado logo após colocar-se o creme e antes de deixar a sobremesa descansado, e que tem um papel bem interessante, pois, a "cobertura" crocante e dourada passa a ter a companhia e sabor do coco, muito bem vindos neste tipo de sobremesa.
    Ela também não fazia uso do açúcar caramelado, o que deve ser um grande valorizador do sabor desta sobremesa (costumo usar açúcar caramelado em um simples arroz doce, como forma de torná-lo diferente e saboroso).

    Adorei o post… vou testar sua receita, mas já sabendo – graças a minha lembrança de infância – que a receita será um sucesso!

    Beijo…

    Responder

    • Maria
      5 anos atrás

      Adorei a ideia do coco, Edna! De fato deve conferir muito sabor à receita. Já planejo fazer uma versão um pouco mais incrementada desse pudim e você acaba de contribuir com ela. :D
      Espero que a receita faça jus às suas lembranças. Volte para contar.
      Beijo!

      Responder

  10. Danusa
    5 anos atrás

    Maria,

    Não tinha creme de leite fresco e nem rum, então vou contar aqui como fiz: enquanto o açúcar caramelava, misturei num bowl o leite, o creme de leite, os ovos, um pouquinho de canela e cravo em pó. Desliguei o fogo e joguei essa mistura no açúcar e mexi pra começar a dissolver. Depois liguei novamente o fogo só pra terminar de quebrar o caramelo. Ah, e entre os pães coloquei uma maçã e um punhado de uva-passa.
    Beijos e obrigada pela receita!

    Responder

    • Maria
      5 anos atrás

      Que bom que deu certo sem o creme de leite fresco, Danusa! Quando experimentei com o creme de leite em lata, acrescentei primeiro o leite ao caramelo quente e ele talhou imediatamente; por isso nem sugeri a substituição no post. Tenho certeza que as frutas deram um toque especial.
      Beijo e obrigada por vir me contar tudo. ;)

      Responder

  11. Vilma
    5 anos atrás

    Oi Maria

    Fiz esse pudim no domingo e adorei a receita.!!! Só acrescentei as 5 balas toffee de trufas por cima.
    Não fiz a outra receita, p.q precisava usar o creme de leite fresco que estava na geladeira.
    Ficou delicioso. Sou grata pelas sua receitas deliciosas.
    Pretendo brevemente fazer a receita com Balas Butter Toffees, pois adoro caramelo.

    Parabéns pelo blog.
    Um abraço
    Vilma

    Responder

    • Maria
      5 anos atrás

      Esse pudim é demais, né, Vilma?! Eu amo!! Que bom que você experimentou. :)
      Como você gosta de caramelo, sugiro também a panna cotta que publiquei recentemente: http://bit.ly/14MXpwd
      Beijo!

      Responder

Deixe seu comentário

Os Campos com * são obrigatórios. Mas não se preocupe, seu e-mail não será divulgado.