A Casa da Li

A revista Gosto ainda não estava nas bancas quando começaram no Twitter os elogios à Casa da Li. Não sabia do que se tratava, mas os dias passavam, os elogios aumentavam e não tardei a me inteirar sobre o assunto. Mas quando se trata de comida, textos e fotos não são suficientes para formar opinião. Então, depois de salivar com as imagens e ler que se tratava de uma rotisserie que serve almoço, intimei meu marido, grande companheiro de mesa, e nos dirigimos à Rua Aspicuelta, 23.

Casa da Li porchetta 02
porchetta, a grande estrela

Lá fomos recebidos pela própria Li que com toda sua simpatia nos informou as opções do dia. Escolhemos porchetta e lasanha. Começamos com uma saladinha delicadamente temperada, daquelas que a gente sente o frescor e a boa procedência no sabor das verduras. Em seguida chegou uma bela lasanha e a famosa porchetta. Lindas. Comecei pela carne e não pude evitar um suspiro seguido de um agradecimento explícito à Li. Enquanto isso, Antonio experimentava a massa e, pela primeira vez em sua vida, elogiava uma lasanha que não fosse feita pela família

Casa da Li ravioli de abobora
ravióli de abóbora

Terminamos a refeição repletos de uma felicidade que não se sente todo dia. De fato aquele era um lugar especial.

Duas horas depois, o que poderia ser uma comida pesada já havia sido tão bem digerida que eu queria mais. O sabor daquela porchetta povoava meu pensamento e enchia a minha boca d’água (tal como agora enquanto escrevo este post). E no dia seguinte lá estávamos nós, começando tudo de novo! Dessa vez com porchetta, nhoque, ravióli, uma inigualável beringela curtida e batatas que servem de cama para a porchetta.

Casa da Li nhoque decor e frango
nhoque delicadíssimo, doces portugueses e o famoso frango marinado por dias

Vale ressaltar que não se trata de um restaurante. O nome já diz tudo, é como se estivéssemos sendo recebidos na Casa da própria Li, onde há sempre panelões no fogo em sua cozinha totalmente exposta para quem quiser contemplá-la. O cardápio não é fixo, afinal o que hoje está fresco na feira ou no açougue pode não estar amanhã; e se hoje faz calor amanhã pode estar frio e certamente haverá uma sopa mais encorpada para aquecer o dia. Para ter uma idéia do quanto você vai pagar, aí vão algumas informações: quiche com saladinha R$15, sopa com pão italiano R$8, menu completo durante a semana (saladinha ou sopa+brasileirinho ou carne ou massa+sobremesa) R$23, rabada com polenta ou cabrito com terrine de brócolis R$35. E por aí vai… E se quiser saber mais, vai lá experimentar que eu tenho certeza que será muito mais prazeroso que ler este post!

Casa da Li salada porchetta e batatas
saladinha, mais porchetta e sua caminha de batatas

Casa da Li
(11) 3871-1002
Rua Aspicuelta, 23, Vila Madalena, São Paulo
Funciona de 2ª à sábado das 11h às 19h e aos domingos das 11h às 16h

Já há algum tempo, o , No entanto, embora seja um remédio de sucesso, existem alguns riscos e contra indicações que devem ser avaliados.

Você também pode gostar...

15 comentários

  1. uhnnn, já sei onde vou na minha próxima viagem a SP.
    Difícil é ficar vendo essas fotos as 11:30 da manhã..rsrs

    1. Nem me fale, Marcel! E eu aqui as tratando desde às 10h! Mal acabei o café da manhã e já desejava o almoço. rsrs
      Quando for lá me conte suas impressões. Aproveitando, você costuma ir a São Paulo??
      Beijo!

      1. Maria, sempre que posso (ou preciso) vou a SP. Fui no começo do mês e devo ir no meio de setembro de novo. :)

        1. Avisa quando for com um pouquinho de tempo. Numa dessas, se coincidir de eu estar por lá, a gente pode aproveitar e marcar um almoço ou um café.

  2. DanielaAF diz:

    Que lindo o post. Realmente você traduziu o que é a Casa da Li. Beijo,

    1. Que chic você por aqui, Daniela! Obrigada pela visita. E quem sabe marcamos nosso almoço na Casa da Li?!
      Beijo e volte sempre!

  3. ..e outro dia tava mesmo perdida por lá sem saber onde almoçar.. agora ficou fácil!
    beijos marie!

    1. Ig!! É você! E que blog lindo; adorei!
      Bom, se estiver perdida pela Vila pode ir lá que aposto que você e sua mãe vão adorar a comida e o ambiente!
      Saudade de vocês… em outubro Mami volto e eu apareço em Vix.
      Grande beijo!

  4. Maria,
    que gostoso! Fiquei aqui sentindo os perfumes das comidas e a simpatia da Li! Adorei a dica! Um beijo!

    1. Fiquei aqui com cara de boba imaginando você sentindo os perfumes… que linda.

  5. Helena corre diz:

    Maria seguindo sua sugestão fui ate a casa da li e realmente pratos deliciosos consabidas delicados e preço justo valeu pela dica

    1. Que ótimo que gostou, Helena! Eu ando com muita saudade da comida da Li. :)
      Beijo!

  6. Juliana diz:

    Adorei a dica Maria! Adoro a Vila Madalena, tem restaurantes maravilhosos por lá, mas esse eu ainda não conhecia. Na próxima viagem a São Paulo estarei lá com certeza. Enquanto isso, repasso a dica para o resto da família!
    Beijo!

    1. Juliana, infelizmente o Casa da Li fechou… :( Ela agora se dedica a eventos.

      1. Juliana diz:

        Maria, só depois que postei o comentário reparei que o post havia sido escrito em 2010! Nessa época ainda estava fora do Brasil! Cheguei ao post numa busca por uma receita com brócolis, meus filhos são apaixonados por brócolis e couve flor!
        Mas uma pena que o restaurante tenha fechado, gosto muito da Vila Madalena.
        Obrigada!
        Bjos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.