Itália: a chegada em Milão e Piacenza

13 de outubro de 2017 1 Comentário por Maria

Queridos leitores,

como muitos já devem ter percebido, sobretudo aqueles que me acompanham pelo Instagram, a vida profissional tem caminhado muito mais alinhada ao mundo real que ao virtual. (Só para constar: acho isso bom e saudável.) E a vida real agora está acontecendo na Itália. Vim a convite da HostMilano, a maior feira de ho.re.ca (hotéis, restaurantes e cafés). Em breve conto mais sobre esse trabalho – que envolve a escrita de artigos sobre tendências desses setores no mercado brasileiro e também a cobertura do evento que acontecerá de 20 a 24 de outubro de 2017, em Milão -, mas agora quero falar sobre os 7 dias que o antecedem.

Desembarquei ontem em Milão, corri para pegar um ônibus que liga o aeroporto à estaão central de trem (perto do desembarque já há uma empresa que faz esse trajeto, mas pouco depois há outra que, pelo mesmo preço, oferece também WiFi). Em uma hora lá estava eu, correndo em busca da plataforma 21 para embarcar rumo à Piacenza, minha primeira base e destino.

Escolhi me hospedar pelo AirBnb e mesmo tendo optado por um anfitrião muito bem avaliado, ainda assim dei sorte: fui recepcionada na estação de trem e levada com todo o conforto para a casa/quarto que me abriga agora.

Tomei um bom banho e saí para jantar em uma das recomendações de Nicolo: La Pireina. O cardápio já indica os pratos típicos, facilitando a vida de quem busca por eles. Com a versão escrita em inglês em mãos, certifiquei-me que “horse” realmente queria dizer carne de cavalo e, frente a algo tão exótico para nós brasileiros, não tive dúvidas ao escolher justamente essa opção. Que surpresa boa! Junto com um vinho branco frisante produzido na região, jantei divinamente, alimentando corpo e alma.

Para encerrar a refeição, pedi tiramissú, uma das minhas sobremesas favoritas. Fui surpreendida por camadas desiguais de biscoito embebido em café e mascarpone batido, provavelmente, com nata. Foi o melhor tiramissú que comi na vida.

De volta para o meu confortável quarto, afrescos no teto adornaram meu sono. Logo, logo vem mais. É só o tempo de eu vivenciar, trabalhar, descansar e então postar. ;)

Um Comentário

  1. celia
    1 mês atrás

    que post onírico, Maria, transportou-me para este cenário/atividades vivenciados por voè

    Responder

Deixe seu comentário

Os Campos com * são obrigatórios. Mas não se preocupe, seu e-mail não será divulgado.