Ceviche com chips assados de batata-doce

Calor, calor e calor! Têm sido recorrentes os dias que, por alguns instantes – ou por minutos e horas inteiras –, essa palavra nos domina os sentidos e pensamentos. Como reclamar não adianta, o melhor que podemos fazer é pensar em soluções para abrandar essa sensação. Eu não tenho ar condicionado no home office, o que me fez aos poucos descobrir os lugares mais frescos de cada horário. E seguimos mudando de paisagem conforme a hora – meu notebook e eu. ceviche

Ceviche com chips assados de batata-doce

No quesito comida, para mim, a refeição mais crítica deste verão tem sido o almoço. Ando até com saudade de mastigar um bom bife ou comer um risoto, mas só imaginar já é desagradável. Há ainda a tentação de trocar uma refeição por uma enorme taça de sorvete! Houve um tempo que eu me deslocava do Centro de Vitória (ES) até a Praia do Canto, só para “almoçar” profiteroles na La Basque. Hoje, quando a tentação acha que me dominou, peço uma tigela de açaí: solução perfeita para a saciedade e o prazer.

Ceviche com chips assados de batata-doce

Mas nem só de doces gelados é composta uma refeição leve e refrescante. Há opções saudáveis como, por exemplo, o ceviche, prato servido frio, no qual o peixe é cozido apenas pelo caldo do limão. Existem inúmeras versões e esta que trago hoje não é nem a peruana, nem a equatoriana, mas sim a composição que fiz no dia em que preparava esta coluna. A combinação pode ser das mais simples – peixe, cebola, limão, pimenta e coentro –, ou conter muitos ingredientes e sabores como gengibre, pepino, tomate, pimentão, e tantos outros. Os acompanhamentos também podem variar e esses são apenas alguns exemplos: uma salada, abacate, espiga de milho, batata-doce cozida, ou, como optei aqui, chips assados de batata-doce. Dois únicos fatores são indispensáveis: peixe muito fresco e o caldo de uma fruta cítrica para mariná-lo.

Ceviche com chips assados de batata-doce

Agora imaginem a cena: final de semana de verão, fim de tarde com amigos, ceviche e cerveja. Beijo e boa diversão!

Ceviche com chips assados de batata-doce
Conteúdo publicado na coluna DigaMaria do Prazer&Cia do Jornal A Gazeta em 07/02/2014.

Rendimento
Serve 4 pessoas

Ingredientes
700 gramas de peixe branco muito fresco, limpo, sem pele e sem espinha
½ xícara de cebola roxa picada em cubos pequenos
½ xícara de pepino picado em cubos pequenos
1 xícara de tomate maduro picado em cubos pequenos
1 ½ colher de sopa de gengibre bem picadinho
¼ de xícara de salsinha picada
¼ de xícara de coentro picado
3 colheres de sopa de suco de limão tahiti ou limão cravo
3 colheres de sopa de suco de limão siciliano
4 colheres de sopa de azeite de oliva
1 colher de sopa de mel
¾ de colher de chá de sal
pimenta malagueta sem semente e picada pequena a gosto
pimenta-do-reino a gosto
2 batatas-doces grandes
azeite para untar a assadeira

Ceviche com chips assados de batata-doce

Modo de fazer
Preaqueça o forno a 180º C.

Lave as batatas-doces, seque-as e corte em fatias finas. Usar um fatiador de legumes facilita muito esse trabalho.

Unte uma assadeira antiaderente com um pouco de azeite e nela disponha as fatias de batata, uma ao lado da outra. Para que fiquem sequinhas, é importante que elas não estejam sobrepostas. Regue as fatias com mais um pouquinho de azeite (não é para encharcar as batatas!) e leve a assadeira ao forno preaquecido por cerca de 15-20 minutos, ou até as fatias começarem a dourar. Nesse ponto, vire as fatias de batata para que sequem a outra superfície. Retire do forno quando estiverem douradas e sequinhas por igual, aguarde esfriarem e conserve-as em um recipiente fechado até a hora de servir.

Pique o filé de peixe em cubos pequenos. Coloque em uma vasilha, cubra com filme plástico e guarde na geladeira.

Pique o restante dos ingredientes e reserve.

Misture o suco dos limões, o sal, o mel e o azeite.

Combine o peixe com os temperos picados, deixando de fora apenas a salsinha e o coentro. Em seguida, despeje o líquido e distribua-o bem entre o ingredientes.

Por último, acrescente a salsinha e o coentro e deixe marinar na geladeira por cerca de 20 minutos.

Dicas
Usei um peixe chamado olhudo, mas poderia ter sido robalo, linguado, salmão, atum e por aí vai. O ideal é perguntar ao peixeiro de sua confiança qual o peixe mais fresco que ele recomenda para um ceviche.

O peixe pode ficar marinando por apenas 20 minutos ou por muitas horas. Quanto mais tempo misturado ao limão, mais cozido ele estará. Eu prefiro com menos tempo.

Usar um pouco de caldo de lima também é uma bela opção.

Se sobrar, guarde na geladeira e coma no dia seguinte, desde que ele não tenha ficado exposto por muito tempo ao calor.

Este comi sozinha durante dois dias. No terceiro, o pouco que ainda havia foi para a frigideira e virou molho para espaguete, com mais coentro e azeite no final.

O remédio revolucionou o sexo quando lançado, em 1998 pela Pfuzer, fica difícil saber qual Viagra escolher.

Você também pode gostar...

10 comentários

  1. lcardoso70 diz:

    Enquanto leio a receita, vou salivando… Adoro um ceviche!!!

    1. Adoramos, Luciana! ;)

    1. Essa mistura de cores me faz salivar imaginando seus sabores!
      Beijo e obrigada pela visita, Susana.

  2. Oi Maria!
    Fiz o chips de batata doce. Coloquei um pouco de garam masala e misturei com o óleo. Nem precisou de sal! Uma delícia! A Clarinha está lá comendo, sentada no chão.
    Obrigada por mais essa!
    Beijos

    1. Ah, acho lindo saber que Clarinha tem sido alimentada por receitas daqui. <3

  3. rosilene magalhaes diz:

    Maria,
    Como faz o chips de batata doce?

    1. Está descrito no "modo de fazer" deste post, Rosilene. ;)

  4. Alguém sabe onde como um bom ceviche em vitoria ? Qual o melhor restaurante para ir ? Obrigado

  5. Qual restaurante serve um bom ceviche em vitoria ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.