Panna Cotta de gengibre com calda de amora

6 de abril de 2017 2 Comentários por Maria

Essa sobremesa nasceu para uma das aula-jantares que fiz ano passado. A amoreira do meu jardim estava carregada e em Ubatuba há uma bela produção de gengibre. Bastou a união desses fatores para brotar a ideia de uma panna cotta de gengibre com calda de amora.

O preparo é o básico da panna cotta. A única ressalva está na maneira como extraímos o suco do gengibre, para deixarmos o sabor suave. Está tudo explicadinho ali embaixo.

E já que vocês estão aqui, aproveito para mostrar um pouco dessa aula-jantar, que aconteceu numa noite linda e saborosa no Ateliê Muriqui.


Cada convidado ganhou um ovo das minhas galinhas. <3

Ovo
Essa foi a entrada: palmito assado com manteiga de ervas. Tem receita aqui.

Panna cotta de gengibre com calda de amora

Rendimento
3 porções de 125 ml

Ingredientes para a panna cotta
1 xícara de creme de leite fresco
½ xícara de leite integral
2 ½ colheres (sopa) de açúcar demerara
1 colher (chá) de sumo de gengire (após ralar o gengibre, esprema-o bem; esse caldo que sairá é o sumo que usaremos)
1 colher cheia (chá) de gelatina em pó, sem cor e sem sabor
2 colheres (sopa) de água

Modo de fazer
Dissolva bem a gelatina nas 2 colheres de sopa de água e reserve.
Leve ao fogo brando uma panela com o leite, o creme de leite fresco e o açúcar, mexendo até quase levantar fervura. Desligue o fogo, junte o sumo do gengibre e a gelatina dissolvida. Mexa bem até diluir.
Transfira para os copos ou taças que usará para servir e deixe esfriar completamente em temperatura ambiente.
Cubra com plástico filme e leve à geladeira por, no mínimo, 3 horas.
Na hora de servir, acrescente a calda de amora
Para decorar, sugiro uma florzinha comestível.

Ingredientes para a calda
2 xícaras de amoras sem o cabinho (parte externa e interna)
1 xícara de água
1/2 xícara de açúcar demerara
1/2 fava de baunilha
uma pitadinha de sal
umas gotinhas de limão

Modo de fazer
Leve ao fogo uma panela de fundo grosso com a água e o açúcar. Mexa até dissolver.
Quando levantar fervura, junte as amoras, as sementes de baunilha, o pedaço de fava, as gotinhas de limão e a pitada de sal. Deixe ferver em fogo baixo até apurar e atingir o ponto de calda.
Retire e descarte a fava de baunilha.
Transfira para um recipiente limpo e armazene tampado na geladeira.

2 Comentários

  1. Rosilene magalhaes
    7 meses atrás

    Amei!!! Vou fazer com certeza. Ador amoras e gengibre.

    Responder

Deixe seu comentário

Os Campos com * são obrigatórios. Mas não se preocupe, seu e-mail não será divulgado.