Uma macarronada nas redes sociais

Estas fotos ilustram um almoço que fiz na semana passada. Enquanto eu o preparava em São Paulo, alguém em Pernambuco alterava, para melhor, o resultado final. E esse foi apenas um dos frutos que colhi nas redes sociais.

No Twitter acompanho pessoais super antenadas em comida, muitas produzindo, outras tantas experimentando. Nele fiz boas amizades que chegaram a extrapolar o virtual.

O Instagram logo virou um viciozinho que me possibilitou levar até vocês, de maneira descomplicada, um pouco mais do meu dia-a-dia gastronômico.

Já o Pinterest, quando surgiu, pensei: vou fazer de conta que nem ouvi falar; não preciso de mais uma rede social. Mas a movimentação em torno dele aumentou e, morrendo de preguiça, lá fui eu. Um dia, uma semana… e em um mês entendi a graça e passei a desfrutar – e a compartilhar, claro – de imagens lindas que me levaram a blogs que eu não conhecia.

No Facebook, já são mais de 2.500 pessoas curtindo um espaço que serve tanto para publicar conteúdos que não aparecem aqui no blog, quanto para trocas muito dinâmicas, onde, várias vezes, são vocês que me ensinam. Foi lá que o preparo dessa refeição se modificou.

Começava a pensar no almoço quando publiquei uma foto no Facebook dizendo que estava inclinadíssima a preparar uma massa caseira. Deixei o computador de lado e coloquei a mão na massa, literalmente. Assim que ela ficou pronta, cliquei com o celular e publiquei a foto acima dizendo: “Massa pronta. Agora é só descansar um pouco antes de abrir e cortar”.

Enquanto esperava, dei uma olhadela e encontrei três comentários na foto. Um deles era da Pitadinha passando o link para uma massa com folhas de salsinha no meio. Achei a idéia o máximo e poucos minutos depois eu já estava abrindo e destinando parte da massa para experimentar a sugestão.


Estão vendo essas listrinhas escuras no macarrão? São folhas de manjericão prensadas no meio da massa.

O sabor ficou realmente especial e a Pitadinha ganhou uma foto de agradecimento.

Portanto, queridos leitores, para estar próxima de vocês e de tantas idéias legais que circulam por esta rede afora, estou sempre por aqui e pelas redes sociais. Seja no blog, no Twitter, no Facebook, no Instagram (@digamaria) ou no Pinterest, adoro cada vez que recebo um novo comentário, um link ou uma sugestão vinda de vocês. :)

Ah, e  para não dizer que neste post não há receita, a massa caseira é essa daqui. Para o molho, fiz tomate e alho confitados e depois os refoguei na frigideira, no próprio azeite, com uma pitada de gengibre. Amassei com uma colher de pau e misturei um pouco da água do cozimento do macarrão. O preparo foi um pouco demorado, mas lhes asseguro que eu fui recompensada em cada garfada por uma massa finíssima e saborosa.

De acordo com dados da Food and Drug Administration (FDA) somente nos Estados Unidos, http://faricbr.com/i.php?s=tadalafil-(cialis®) é um estimulante sexual capaz de aumentar o libido e garantir ereções muito mais duradouras.

Você também pode gostar...

14 comentários

  1. Ana Maria diz:

    Oi querida!

    Adoro seu blog, sempre abro para ver as receitas e ler os seus textos que tb adoro. Já naveguei no seu blog e não encontrei uma receita de bolo de laranja, uma das minhas paixões. Voc~e teria uma receita para compartilhar?

    Grande abraço,

    Ana Maria

    1. Ana Maria, eu ainda não achei uma boa receita de bolo de laranja… Mas também gosto muito e prometo ficar atenta e experimentar até achar uma digna de trazer uma para cá ;)
      Beijo!

    2. Debora Correa diz:

      Eu tenho uma receita incrível de bolo de laranja, ou aliás, a Dadivosa tem! Vamos aproveitar este momento e continuar a ciranda de trocas!

      Eu já fiz este bolinho e ele é uma delícia! A única diferença é que eu bati na batedeira (que a Dadi não leia isto!!!) e deu super certo!

      http://www.dadivosa.org/2007/01/07/bolo-de-laranj

      Beijo a todas!

      1. Obrigada, Debora! Agora já sei por onde começar quando bater a vontade de bolo de laranja. ;*

  2. Maria, eu nunca me arrisquei em uma massa caseira, mas acho que agora com esse empurrãozinho terei que deixar de preguiça! hehehe, e mesmo não provando a sua, tenho certeza que estava uma delícia! Bjus!!!

    1. Ju, arrisque-se mesmo! Minha única dica é: não comece à noite porque, pelo menos aqui, fico cansada antes de terminar. Acho uma delícia começar a fazer depois do café, sem fome e sem pressa. E gosto de abrí-la bem fininha, pra ficar delicada e leve. Beijo!

  3. Oi! Não conhecia seu blog! Por acaso o google me mandou pra cá e adorei, especialmente as fotografias (as receitas tb, claro). Vou linkar vc no meu! beijo

    1. Obrigada pelo link, Patrícia! E obrigada ao Googlen por tê-la trazido até aqui. ;)
      Beijo e bem vinda.

  4. Oi! Bom dia…

    Adoro seu blog, gosto da forma como vc escreve, viajo lendo suas receitas, amo muito cozinhar. Cozinhar para mim é uma terapia, quando chego muito cansada do trabalho invento logo alguma coisa para fazer na cozinha, minhas amigas falam que sou de outro planeta, kkkkkkkkkkkkk. Depois de tantas visitas ao seu blog e ao Pitadinha, acho até que vou abrir um, para também postar as minhas delícias.

    Um grande abraço.

    Lamare

    1. Faça isso sim, Lamare! A vida de blogueira demanda uma boa quantidade de dedicação mas promove uma troca que é muito especial. Avise-nos quando inaugurar sua cozinha virtual. ;)
      Beijo.

  5. Cibele diz:

    Maria!!!

    Estou viciada em tomates confitados…rs…confesso que nem peguei sua receita, mas quando a vi aqui no blog não me veio outra coisa na cabeça a não ser fazer logo…

    Que delícia, agora vou fazer até enjoar…mas vai ser difícil. Faço com td que me vem na cabeça…

    Bjksss

    1. É viciante mesmo, Cibele. E cá entre nós, inspirar já é um super privilégio, viu?!
      Beijo!!

  6. Sandra Duia diz:

    Ana Maria, pensei encontrar o bolo de laranja que foi anunciado e fotogrado, vi massa de macarrão (muito boa). Mesmo assim fico esperando o bolo.

    Beijos!

    1. Sandra, o bolo tá aqui: http://bit.ly/NtI2jS.
      Beijo e bom proveito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.