Pipoca com manteiga e mel e as eleições presidenciais

16 de outubro de 2014 3 Comentários por Maria

Pois bem, teremos segundo turno nas eleições para presidente. Isso pode ser positivo se os candidatos promoverem um bom diálogo. Com esse desejo e expectativa, providenciei uma saborosa receita de pipoca com manteiga, páprica e mel, para sentarmos em frente à TV e, da maneira mais confortável possível, assistirmos ao horário eleitoral e aos debates. Estou fazendo a minha parte! (risos)

Pipoca com manteiga e mel

Mas e nós – em casa, no trabalho, nas ruas –, qual é o nosso papel nessas semanas entre o primeiro e o segundo turno? Tenho visto muitas manifestações de ódio entre eleitores, que mais parecem rivais de pré-escola. Por não saberem argumentar, xingam e repetem discursos sem significado ou embasamento. Na pré-escola pode até ser engraçadinho escutar “você é bobo, feio e chato!”, já que a criançada ainda está aprendendo a construir suas referências. Mas na vida adulta, ainda mais na política, a coisa não pode ser tão simplista assim.

Pipoca com manteiga e mel

Proponho então um exercício de cidadania. Vamos nos distanciar desse ódio irracional que vem sendo propagado e pensar nos aspectos que realmente são relevantes na hora de eleger um, ou uma, presidente da república: educação, saúde, cultura, infraestrutura, políticas públicas e sociais, e por aí vai. Estamos diante de dois partidos que já ocuparam por um bom tempo esse cargo, o que torna mais fácil estabelecer um comparativo sobre seus feitos. O Google é um super parceiro nessas horas e precisamos apenas digitar algo como números salário mínimo FHC Lula Dilma e, em seguida, escolher links confiáveis. Ah, e é importante termos em mente o que cabe à esfera municipal, à estadual e à federal. Nosso regime não é a monarquia, portanto, nem tudo cabe ao rei ou à rainha. ;)

Pipoca com manteiga e mel

Vamos aproveitar este momento para nos aprofundarmos a respeito da realidade do nosso País e para praticarmos a cidadania: nas urnas e, sempre, no dia a dia. A fórmula que adoto para isso é muito simples: ajo com o outro como eu gostaria que agissem comigo. Portanto, preparem a pipoca com manteiga e mel, assistam aos programas e aos debates e boas decisões. O País agradece!
As datas dos debates são: 16/10/14 no SBT, às 18h, 19/10/14 na Record e 24/10/14 na Globo.

Pipoca com páprica, manteiga e mel
Até as abelhas gostaram do mel na pipoca.

Pipoca com manteiga, páprica e mel

Esta receita foi publicada na coluna que escrevo quinzenalmente no Caderno Prazer&Cia, no Jornal A Gazeta.

Ingredientes
½ xícara de milho para pipoca
1 ½ colheres de sopa de óleo de girassol
2 colheres de sopa de manteiga
2 colheres de sopa de mel
¼ de colher de chá de páprica picante
sal a gosto

Modo de fazer a pipoca com manteiga e mel
Leve ao fogo uma panela ou frigideira pequena e derreta a manteiga. Desligue a chama e incorpore o mel e a páprica, mexendo até combinar. Tempere com um pouco de sal – eu usei sal grosso moído.

Em uma panela grande, coloque o óleo e leve ao fogo médio para aquecer. Junte o milho para pipoca e envolva-o bem com o óleo. Mexa de vez em quando, mantendo a panela destampada até a primeira pipoca estourar. A partir daí, tampe a panela e a agite vigorosamente de tempos em tempos. Quando o estouro dos grãos espaçar quase parando, desligue o fogo e destampe a panela.

Transfira a pipoca para um recipiente de servir – ou mantenha na panela se ela for bonita – e despeje a mistura de manteiga e mel* por cima. Mexa a pipoca para distribuir o sabor por igual.

Experimente e acerte o sal, se necessário.

Dica
Se a mistura endurecer pelo tempo que ficou em repouso, leve-a ao fogo baixo apenas o suficiente para amolecer e tornar mais fácil sua distribuição na pipoca.

3 Comentários

  1. Camilla
    4 anos atrás

    Maria, disse tudo! Que lição! Cobro isso das pessoas, uma discussão racional, com embasamento, mas é tão difícil! O fato de você dizer que não estamos em uma monarquia é importante até mesmo se analisarmos apenas a esfera federal: o chefe do Executivo está atrelado ao Legislativo de uma forma que a maioria das pessoas prefere ignorar! É revigorante ler um texto com tanto bom senso! Obrigada.

    Responder

  2. Rodrigo Barnabé
    4 anos atrás

    Pra não pipocar na urna. =)

    Responder

  3. Sati
    3 anos atrás

    Fiz a pipocaa, ficou picante e docinha com um aroma gostoso e uum fundinho de manteiga hummm adoreiii!!!!

    Responder

Deixe seu comentário

Os Campos com * são obrigatórios. Mas não se preocupe, seu e-mail não será divulgado.