Workshop com jantar em Ubatuba

27 de junho de 2016 5 Comentários por Maria

O frio chegou e com ele veio a vontade de cozinhar juntinho com outras pessoas.  Pensei num cardápio de inverno bem gostoso com ingredientes locais e, no próximo dia 02, teremos uma turma com apenas 10 alunos que participarão do preparo de todas as receitas. Ao final, sentaremos juntos para jantar e papear um pouco mais.

JANTAR 20160702 web4

☕️ Para estender o papo, café Nespresso ou chá da horta.

🍷Vinhos podem ser levados de casa ou comprados durante o jantar, em taça ou garrafa. Água é cortesia da casa. ;)

Data: 02/07/2016
Local: Terra Cerâmica Ateliê
Preço: R$97,00.

VAGAS ESGOTADAS

Se precisarem de mais informações, escrevam para maria@digamaria.com. Vem, gente!

5 Comentários

  1. Andre Gurgel
    1 ano atrás

    Fiz 2 reservas em meu nome, pra mim e minha mulher Ana.
    Já paguei os boletos.

    Precisa levar avental, facas etc?

    Até lá.

    Responder

  2. Luis Castro
    1 ano atrás

    Bom dia Maria, a exemplo do André, fiz a inscrição como presente de aniversário para meu filho. Boleto pago e as mesmas dúvidas sobre material. Obrigado e bom evento.

    Responder

    • Maria
      1 ano atrás

      Olá, Luis.

      Enviei email com informações e uma fichinha para ser preenchida. :)

      Responder

  3. Eduardo Fonseca
    1 ano atrás

    Fiquei deliciado com sua descrição da cabeça de porco. Tenho gratas lenbranças de uma gelatina de cabeça de porco que me deliciava na casa de meus avós. Fiquei especialmente encantado pela sua falta de pre-conceito. Pois eu transito com muita satisfação e deleite entre um canapé de caviar, de salmão defumado, uma buchada de bode (que prefiro de carneiro) um sashimi de atum ou salmão e até um guisadonho de tatú, não esquecendo uma bouiabese ou um boeuf bourgnon. Triste é ver os comentaristas de gastronomia cheios de preconceitos. Embora seja pernambucano, um dos pratos mais deliciosos que conheço é o pato ao tucupí, que é originário do pará. Parabens pela postura de curiosidade, só podemos afirmar que um prato é bom ou ruim, após provarmos. Parabens.

    Responder

Deixe seu comentário

Os Campos com * são obrigatórios. Mas não se preocupe, seu e-mail não será divulgado.