Espaguete al limone

Tenho trabalhado mais que o habitual nesses dois últimos meses. E como tenho que trabalhar também neste final de semana, ontem decidi tirar uma noite de folga! Fechei o expediente um pouco mais cedo, fui pro parque dar uma alongada (num frio de 12 graus…), passei na Cobasi para comprar flores e mistura pra beija-flor e voltei pra casa, pronta para preparar o jantar: Spaghetti al limone! Conheci esse prato aqui em São Paulo, no Spot. O sabor do molho é bem diferente dos clássicos: é cítrico e cremoso e pede uma generosa porção de parmesão ralado na hora… Enquanto comíamos pensávamos em quais carnes poderímos servir junto. Foi quando lembrei da codorna postada ontem. O sabor dela com aquele molho de vinho certamente casará muito bem com essa massa! Fica aqui então a dica de acompanhamento para as simpáticas codorninhas.

Receita para dois 200 g de spaghetti (ou talharim ou penne) 300 g de creme de leite fresco 50 ml de leite 50 g de manteiga suco de 1 limão siciliano e raspas da casca sal e pimenta do reino 1 ramo de manjericão (opcional)

Modo de fazer
Coloque água para ferver com sal para preparar a massa. Em paralelo aqueça outra panela em fogo médio para baixo e coloque a manteiga, o suco e metade das raspas do limão. Deixe ferver por menos de 1 minuto. Junte o creme de leite e o leite e deixe ferver até reduzir e ficar ligeiramente cremoso (a consistência deve ser mais líquida). Acrescente sal e pimenta do reino a gosto e desligue o fogo. Quando a massa estiver “al dente”, desligue e escorra a água. Aqueça o molho, junte a massa e sirva com parmesão ralado e o restante das raspas do limão salpicadas por cima e nas laterais do prato.
Usei o manjericão para dar um toque sutil. Quando aqueci o molho coloquei 1 ramo na panela por um ou dois minutinhos e em seguida o retirei. Mais do que isso deixará um sabor muito marcante.
Ah, o prato ficará mais suculento que o da foto! Mas como eu não queria comer frio, fotografei com uma porção pequena retirada antes da hora.

Segundo dados do NHS, o sildenafil, o componente do , precisa aumentar o fluxo sanguíneo até o pênis.

Você também pode gostar...

7 comentários

  1. […] This post was mentioned on Twitter by Leandro Gonçalves. Leandro Gonçalves said: @kassatti @Lidoca7 Podem fazer esse que é igual ao que eu faço: https://digamaria.com.br/archives/59 (é da @digamaria) […]

  2. DENISE NISI diz:

    Se trocar o creme de leite por nata também ficará divino. Achei sua receita muito simples e saborosa!!!

    1. Que bom que gostou, Denise! Concordo plenamente com você e é isso que tanto gosto nessa receita.
      Tenho a maior vontade de usar nata mas nunca vejo para vender… aonde você encontra?
      Bem-vinda!

  3. olá!
    podes encontrar nata no supermercado Zafari do Shopping Bourbon da Pompéia…
    sucesso!

    1. Eliz!! Muito obrigada pela informação! Na próxima ida à São Paulo irei ao Záfari comprar.
      Beijo e volte sempre!

  4. Delicia de receita!!! Simples e saborosa, obrigada por compartilhar!!!

    1. É um prazer compartilhar, Paula, sobretudo quando recebo de volta comentários como o seu. :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.