Receita de família: empadinhas de banana

empadinha de banana

Esse sabor para mim é de infância. Todas as férias na praia, em Iriri, minha vó Lucy preparava deliciosas refeições para as suas netas. Lembro de cada gosto: da farofa amarelinha e crocante com passas, do frango caipira ao molho pardo, do bobó de camarão, dos bolinhos de arroz… e dentre tantas gostosuras que só vó sabe fazer, havia o famoso empadão de banana! Pois é, a vovó faz empadão. Mas a netinha metida transformou em empadinha. Na minha opinião, cada um tem o seu lugar: o empadão sozinho torna um lanche maravilhoso; já a empadinha, uso como acompanhamento. Fiz pela primeira vez para servir com um picadinho de carne, arroz e feijão. E sem falsa modéstia, ela foi muito elogiada.

Essas da foto eu fiz para aproveitar uma banana que estava com seus dias contados. Mas pensando bem, acho que aproveitei os dias contados da banana para preparar as empadinhas especialmente para o blog. Ou seja, para você.

Ingredientes (para aproximadamente 15 empadinhas)
200 gramas de farinha
3 colheres de sopa cheias de manteiga
3 colheres de sopa de óleo (ou 3 de azeite)
3 gemas
uma pitada de sal
banana prata bem madura

Modo de fazer
Reserve a banana e misture com os dedos os demais ingredientes até virar uma farofa úmida. Acrescente um pouco mais de manteiga, se necessário.
Reserve um terço da massa. Unte as forminhas com manteiga e distribua a massa em cada uma apertando com os dedos até cobrí-las de maneira uniforme.
Descasque a banana e corte-a em rodelas diagonais. Recheie as empadinhas com essas rodelas apertando delicadamente com um garfo (isso aumentará a aderência entre as bananas e a quantidade de recheio). Abra o restante da massa sobre uma superfície lisa e, utilizando uma forminha de empada de cabeça para baixo, corte a massa em círculos. Retire cuidadosamente cada círculo com uma espátula e cubra as empadinhas pressionando levemente as bordas para que se unam.
Se quiser um acabamento mais dourado, pincele gema de ovo e leve ao forno médio para assar.. Depois de prontas espere esfriar um pouquinho antes de desenformar.

Dica: você pode decorá-las com uma bolinha de massa ou, como fiz na foto, cortando pedacinhos de massa com moldes de biscoito.

Esse remédio ou suplemento, tem a função de ajudar o homem a resolver esse problema , e de certa forma a sua parceira ou parceiras sexuais.

Você também pode gostar...

13 comentários

  1. Oi, Maria! Não pára de aparecer com uma receita mais tentadora que a outra, não?
    Estou aqui agora, neste domingo meio chuvoso e essa empadiha cairia muito bem! Que delícia que deve ser.
    Um beijo e boa semana!

  2. Que lindas ficaram, Méri, dignas da Lucy! Inclusive o crochê!
    Parabéns!

  3. me deu água na boca…

    1. Seja bem-vindo Orlando! Que bom que o post deu água na boca; cumpriu sua função então!

  4. Maria, nunca comi empadão ou empadinha de banana, deve ficar delicioso!!!! Hummmmmm, ainda mais se tem sabor de infância! Fico imaginando que delícia vocês em Iriri fazendo a festa na casa da vovó Lucy!
    Adorei!
    Beijocas e ótima semana!
    PS: tenho uma grande amiga que tem casa lá em Iriri há séculos…Patrícia Gava…você conhece?

  5. Ai não posso passar por aqui. com essa minha pressa e falta de tempo,comer se tornou um artigo de luxo, e por aqui, eu só fico na vontade.

    Ando vivendo a base de salgadinhos e chocolates [horrorosos por sinal]. Mas no corre-corre… nem sinto o gosto, só o corpo mesmo que sente e pede clemência! Que vergonha para uma profissional na alimentação…tsc tsc tsc

    precisando de férias para executar todas as receitas maravilhosas do seu blog!

    beijos

    1. Joyce, realmente, uma profissional da alimentação tem que dar bom exemplo!! Manda o endereço que eu mando por delivery! rsrs

      Beijo e obrigada pela visita!

  6. Oi Maria,
    Cheguei aqui no teu blog, por indicação da Verena (Mangia Che Te Fa Bene)… que blog lindo, e com tantas coisas deliciosas você tem.. fiquei encantada, amiga!!
    Estou te linkando, para te acompanhar no meu, de pertinho.
    Essas empadinhas parecem deliciosas… não tem nada melhor nesse mundo do que a comidinha da vovó, não é mesmo?
    Bjo grande,

    Mari

    1. Mari, seja muito bem-vinda!

      Realmente, comida de vó não tem igual! E felizmente ainda tenho o privilégio de comer de tempos em tempos um caprichado almoço preparado pela minha vó Lucy!

      Em breve irei com calma conhecer o seu blog!

      Beijo e volte sempre!

  7. ainda não tentei as empadinhas!
    vim agradecer pela palavras de apoio suas =)
    beijo e boas receitas

  8. Elton Melo diz:

    vejo só depoimentos de mulheres aí em cima , mas confeço gosto de cozinhar,é estou em uma área totalmente diferente (zootecnia)é meu irmão que faz panificação e sou + curioso q ele . olha vou tentar essa receita. gstei muito que moro em um sitio e se estroi mita banana.
    Meruoca-ce (serra) linda e frio

    1. Olá, Elton! Eu também trabalho numa área diferente e este espaço surgiu justamente da necessidade de organizar receitas, trocar experiências e expandir esse prazer que é cozinhar. Portanto, seja bem-vindo!

      Se for pra um lanche, experimente o empadão (que é a receita original). E já que tem banana de sobra, quando fizer um peixe ou uma carne, tente também o purê de banana que é super simples e uma delícia de acompanhamento. Depois volte pra contar o que achou!!

      Um abraço,
      Maria.

  9. […] desses pratos que a gente come feliz como acompanhamento no almoço (já fiz versão empadinhas para servir com picadinho de carne), um farto pedaço no lanche ou a qualquer hora para matar a […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.