Conserva de abobrinha

conserva de abobrinha 04

Era uma manhã de quinta e eu estava arrumando a mala para ir pra São Paulo. Salvo praquelas viagens dos sonhos, detesto arrumar mala; e com esse sentimento deixei-a de lado por alguns instantes e me distraí pesseando pelos meus blogs favoritos.

Encontrei bolos lindos e sugestões mais que apetitosas pro almoço. Mas foram as estratégias do Marcel para não desperdiçar nada que prenderam minha atenção. Esqueci da mala e do que mais tinha pra fazer: coloquei o notebook debaixo do braço e segui pra cozinha determinada a aproveitar os legumes numa conserva como aquela do Sabor Sonoro. Adaptei a receita usando o que tinha em casa e a conserva de berinjela rendeu um tira-gosto praquela tarde e um pote pra presentear.

Amei a simplicidade e o sabor da idéia e na semana seguinte voltei pra cozinha pra preparar mais, dessa vez com abobrinha – que na minha opinião fica mais leve e delicada que a de berinjela. Jantei conserva com pão e queijo caseiros por uma semana inteira! E se você acha que enjoei… lhe informo que amanhã tem mais.

conserva de abobrinha 03 ingredientes

Ingredientes
2 abobrinhas médias
6 tomates pequenos
2 cebolas médias

5 dentes de alho
1 cenoura grande
3 colheres de sopa de vinagre
3 colheres de sopa de açúcar refinado
1 colher de sopa de sal grosso
15 colheres de sopa de azeite

15-20 pimentas jamaica
1 ramo de alecrim
5 folhas de manjericão
4 folhas de sálvia
3 ramos de orégano

Modo de fazer
Pré-aqueça o forno a 200 graus.
Fatie a cebola em meia lua e o alho em lâminas grossas. Rale a cenoura e pique em pedaços médios a abobrinha e o tomate (ambos com casca e sementes).
Regue uma assadeira com azeite – escolha uma que permita que os ingre, regue com o vinagre e coloque o restante do azeite. Dê uma mexida e leve ao forno por aproximadamente 45-60 minutos. Na metade do tempo, mexa novamente para que tudo fique bem envolto com o azeite.
Deixe esfriar completamente e conserve na geladeira.

Dica: Você pode adequar esta conserva à sua despensa e ao seu gosto, mudando os legumes e os temperos ou acrescentando mais azeite.
Se for armazenar por alguns dias, guarde na geladeira num pote fechado e esterelizado.
Para servir, esta conserva vai muito bem acompanhando uma salada de folhas, num lanche com um bom pão ou como entrada com torradinhas e azeite.

Já há algum tempo, o , No entanto, embora seja um remédio de sucesso, existem alguns riscos e contra indicações que devem ser avaliados.

Você também pode gostar...

17 comentários

  1. Antonio diz:

    tão simples e tão bom!

    1. :O*

  2. Maria, eu leio teu blog no google, por isso comento pouco, mas hoje não resisti… Que receita deliciosa e que fotos lindas!
    Um beijo, querida. Boa semana!

    1. Obrigada, Talula!
      Eu também leio o seu pelo feed no Mail e pelo mesmo motivo comento pouco. rsrsrs O importante é que estamos sempre nos "vendo" por aí. :)
      Beijo e ótima semana!

  3. Que delícia de conserva!
    Adoro abobrinha e com certeza ela nessa versão, deve ser divina!

    Beijos
    Ana

    1. Sou das sua, Ana; também adoro abobrinha! E a praticidade de tê-la ali, na geladeira, ao alcance das mãos… não tem preço! ;)
      Beijo e volte sempre!

  4. Oi Maria! Que chique!
    É sempre uma honra ser citado por aqui, fico feliz que tenha gostado da receita.

    bjs

    Marcel

    1. Em breve você será novamente citado, Marcel! Mas primeiro preciso conseguir fazer uma foto minimamente decente da conserva de pimenta. Vidro não é fácil, não… rsrsrs
      Beijo e obrigada pela inspiração!

  5. A conserva deve ser mesmo uma delícia super-saudável e aromática. As fotos tornam-a ainda mais tentadora!

    Beijinhos

    1. Realmente, Mônica, a conserva fica super aromática! Adorei sua visita; é uma honra sabê-la por aqui. :)
      Beijos!

  6. Maria querida, adoro conserva de abobrinha, existe dois legumes que sou apaixonada, a beringela e a abobrinha, este seu prato ficou, lindo, colorido e certamente saboroso Adorei
    Aproveito a oportunidade pra desejar a voce e sua familia uma Feliz Páscoa repleta de paz, alegrias e muito amor…bjocas amiga

  7. Esses dois legumes também estão entre os meus preferidos, Josy! Mas neste momento me parecem meio sem graça porque ainda estou babando nos seus bolinhos de bacalhau. Sério. Não ligo a mínima pra bacalhau, mas os bolinhos… hummm…
    Divirtam-se por aí! E que o coelhinho deixe muitos ovinhos!
    Beijo!

  8. que prático! vou experimentar hoje mesmo!

    1. Aguardo seus comentários, Gaia!!
      Beijo e bom proveito!

  9. ficou delicioso maria! aproveitei o que tinha na geladeira e usei a abobrinha, beringela, cenoura, cebola, pimentão e as ervas todas que tinha em casa. acrescentei alho fatiado bem fininho e alcaparras. acho só que exagerei no vinagre! mas ainda assim ficou delicioso! :)

    1. Maria diz:

      Que ótimo saber, Gaia!! A idéia é essa mesma: adaptar! Eu economizei no vinagre porque aqui ninguém é fã e na próxima vez que eu fizer lembrarei das alcaparras; devem dar um toque interessante.
      Obrigada por voltar e me contar!
      Beijo e ótima semana.

  10. Emário Ditter diz:

    As receitas são ótimas porém, falta aquela que é feita com abobrinas bem pequenas coloridas e inteirinhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.