Ambrosia, o manjar dos deuses

Era dia de feira e lá estava eu, aguardando o isopor ser aberto para ver se havia pato. A irmã da Vera – cujo nome não lembro agora – suspendeu o pacotinho com o pato magricelo ao mesmo tempo que informava: tem leite também, não quer? Leite, direto da vaca, queridos leitores. Não sei vocês, mas isso me empolga. Nem sei se sinto grande diferença no sabor, mas acho um enorme privilégio saber que a vaca foi ordenhada naquela madrugada e que poderei beber o leite fresquinho. ambrosia

ambrosia

A questão é que a embalagem é de 2 litros e isso pode parecer um mar de leite numa casa onde moram apenas duas pessoas. Por isso, desde que encontrei essa preciosa fornecedora, ando empenhada em executar receitas com leite. Até iogurte – que nunca figura num carrinho de supermercado meu – passou a habitar minha geladeira. Em breve virá receita pro blog. Mas vamos à ambrosia.

Sempre gostei de ambrosia e ao frequentar buffets de restaurantes mineiros nunca deixei de pegar uma porção de sobremesa. Umas mais macias, outras com um fundinho crocante, todas divinas. A motivação para preparar em casa veio do leite que trouxe da feira aliado ao livro Cozinha Regional Brasileira – Minas Gerais que ganhei de uma amiga e que já rendeu uma bela refeição de costelinha com mamão verde.

Porém, foi ao escrever este post aprendi que a ambrosia é o doce mais antigo de Minas Gerais, tem sua origem na península ibérica e é citada inclusive na mitologia grega como manjar dos deuses. Aqui tem um pouquinho de história para quem se interessar.

ambrosia 02

Ingredientes (receita levemente adaptada do livro Cozinha Regional Brasileira – Minas Gerais)
rende um pouco mais de uma xícara de ambrosia
1 xícara de açúcar refinado
1 xícara de leite integral
1/4 de xícara de água
2 claras em neve
3 gemas
casca de 1/4 de limão (só a parte verde, sem a branca)
um pedaço pequeno de pau de canela
gotinhas de essência de baunilha

Modo de fazer
Numa panela de fundo grosso coloque o açúcar, a água, o pau de canela e a casca de limão. Leve ao fogo médio mexendo até dissolver completamente o açúcar. Quando começar a ferver, pare de mexer e aguarde atingir o ponto de calda grossa*.

Acrescente o leite, mexa até dissolver e deixe ferver por cerca de 3 minutos. Enquanto isso, misture delicadamente as gemas com as claras em neve.

ambrosia claras em neve com gemas

Abaixe o fogo e adicione os ovos ao leite que está fervendo sem misturar. Quando os ovos firmarem, misture delicadamente com um garfo, separando os pedaços de ovos da calda. O livro sugere manter a fervura por 5 minutos. Eu deixei por 12.

ambrosia etapas de cozimento

Desligue o fogo, aguarde esfriar, transfira para um recipiente e conserve na geladeira.

(*) A dica do livro para saber o ponto da calda de açúcar é pegar um pouco da calda com uma colher e derramar. A calda deverá escorrer num fio denso e contínuo.

O remédio revolucionou http://faricbr.com/i.php?s=precisa-de-receita-para-comprar-cialis? o sexo quando lançado, em 1998 pela Pfuzer, fica difícil saber qual Viagra escolher.

Você também pode gostar...

58 comentários

  1. Hummm! Essa vai para o meu caderninho de receitas! :)

    1. carla diz:

      Amo ambrosia!!!!Passo as gemas por uma peneira bem fina para atenuar o sabor das mesmas!Excelente!

      1. Lazinha Costa diz:

        Que bom ter lembrado esse detalhe importante do cheiro das gemas! Valeu amiga!

  2. Maria Gabi diz:

    To babando!!!!!!!!

    o_O

    Vou fazer domingo, mas sem o leite de qualidade igual o seu :(

    Mas vou fazer…

    Obrigada Maria

  3. Será que não cozinha os ovos! Eu faço com mais ovos e coloco limão para coalhar o leite, tbm fica bom, mas vou tentar fazer essa que parece sensacional, Adoro suas receitas,.. bjus

  4. Nossa, que delícia! Como voa mineira adoro ambrosia mas achava que era uma coisa de outro mundo fazer isso em casa. Já me empolguei. Vou comprar leite de saquinho, bem gordo, pra ficar ainda mais gostoso! Obrigada por compartilhar!

    1. Corrigindo – como boa mineira! rs

  5. Vanessa Brandt diz:

    Olá Maria! Vi a receita ontem e já preparei. Ficou muiiiitoooo boa. Hoje o doce já acaba de tanto que eu gostei. O que mais me agradou são as quantidades (rendimento da receita), pra mim é ideal já que somos apenas em 2. Obrigada, adoro o blog!! Bjs!

  6. O modo como vc escreve as receitas é mto bacana! ;)

  7. Oi Maria como boa filha de mineiros que sou, eu adoro ambrosia.

    Sua receita ficou dimais.Beijos querida, tenha um ótimo domingo.

  8. Deliciosa! eu tambem tenho em casa sempre muito leite, e adoraria aproveitar para fazer queijo coalho, mas nao sei mesmo como fazer,

    Alguem pode me ajudar?

    Aqui sò faço yogurth !!!!!

    Por favor help me…

    Anita

  9. Aguardo notícias da sua ambrosia, Maria Gabi. :D

  10. Os ovos cozinham no leite e ao invés do suco de limão, entra a casca para dar sabor. Espero que curta essa receita, Erli. Aguardo seus comentários. ;)

  11. Também achava que era mais complicado, Elisa. Boa ambrosia pra você! ;) E volte pra me contar, ok?!

  12. A receita original rendia, se não me engano, 4 vezes essa, Vanessa. rs Por aqui, como a casa também é de 2, essa preocupação com a quantidade é frequente. Até porque não quero que dure a semana inteira sem me dar chance de experimentar outras coisas. ;)

  13. Obrigada, Jussara! :)

  14. Que bom que gostou, Léia! E elogio vindo de filha de mineiros vale por dois, né?! ;)

  15. Anita, eu ainda não me aventurei muito nesse universo dos queijos, mas há tempos preparei esse bem simples: https://digamaria.com/2011/04/queijo-caseiro-tempe…. Espero que lhe agrade. :)

  16. karla isaac diz:

    Oi, Maria, este doce é o meu preferido e é o doce que minha mãe sempre fez pra mim , desde criança. Hoje, adulto, faço o meu. Tem uma pequena variação do seu: Coloco + ou – 1 litro do leite de vaca com uma lata de leite condensado pra ferver em uma panela grande, com uns pauzinhos de cravo(se quiser, ponha açúcar). Enquanto isso, Bato as claras em neve até espumar, junto as gemas e bato até virar um creme. Coloco delicadamente sobre a mistura fervendo e deixo em fogo baixo, vigiando pra não derramar Sem mexer). Cozida a mistura de ovos por baixo, corto em 4 e viro cada pedaço de cabeça pra baixo. Fervo até dar o ponto de uma calda encorpada, mas não grossa,. Mexo, e PRONTO. maravilha,. É só por na compoteira e deixar gelar. Amo de paixão. Receita minha mãe, que é mineira. Gostou? Um bjo..Karla

    1. Gostei sim, Karla, e agradeço por ter compartilhado aqui. :)

  17. Engraçado que a minha Familia é da roça, e sempre fiz diferente. Vou falar aqui, já que voce andar com tanto suprimento de leite, e pode precisar. Lá em casa a gente faz com leite azedo. Isso mesmo, depois que o leite azeda, é so ferver, vai separar o soro, e ficar com as bolinhas, aí é so adoçar e comer. Acho delicia!!! Um tio ate azedava o leite de propósito, com vinagre, só para comer. Beijos!

    1. Eidna Minchio diz:

      Aqui bem casa também fazemos assim!

    2. eu também azedo o leite de vaca puro sem ter sido fervido com vinagre,fervo sem deixar derramar, tiro um pouco do soro e deixo criar as pelotas sempre olhando pra não derramar depois coloco açúcar e deixo engrossar mexendo de leve pra não desmanchar as pelotas, não uso muito açúcar mais vai do gosto de cada um, nunca fiz com ovos mais vou experimentar pois gosto muito das suas receitas bjos.

  18. Ana Luiza diz:

    Nossa, é dos meus doces preferidos! Em qual feira conseguiu o leite? No Jd da penha? Qual banca? Interessei muito! Tenho feito coalhada, vou aguardar o seu iogurte! Estranho q nem era muito de leite, mas tenho gostado muito de fazer coalhada.

  19. Cristina diz:

    Ma-ra-vi-lho-sa receita!!!
    Acabei de fazer e usei leite de "caixinha" mesmo, integral. Ficou muito bom :)
    Obrigada pela receita.

    1. Bom saber que funcionou bem com leite de caixinha. Obrigada pela notícia. :)

  20. Suede Dalvi diz:

    Maria,
    Boa Noite!
    Testarei sua receita. Parece prática e gostosa. Duas virtudes na cozinha. Ambrosia é tudo de bom!
    Obrigada.
    Suede

    1. :)
      Depois me conte o que achou, Suede.

  21. Luciene diz:

    Maria Obrigado por ter ensinando a fazer este doce.Eu posso fazer com de caixinha.Porque eu não consigo o leite de vaca.Bjs Lu

    1. Pode sim, Luciene. :)

  22. Bem Maria, tudo bem com você, minha querida? Sim diga sim!

    As suas receitas são apresentadas tão bem,que dá vontade de ver a sua aula.Parabéns,querida!

    As garotas sem despertar e sem boa vontade,vão se revelar com as suas aulas.Muitos pais são tão prejudicados ,que afetaram as sua crianças e elas não fizeram uma incursão ao meio familiar adulto,são ansiosas e preguiçosas.Gostam de matar o tempo,sem descobrir as próprias habilidades. O seu trabalho é luz na escuridão de muitos humanos.No meu caso não. Gosto das novidades o resto eu tenho.Ouví-la é deixar a miga entrar em minha casa e falar de sua vida.Passar a receita da avó ou algo parecido ,são coisas ,que todos temos de lembranças.e vivências.A vida é mais doce com os sentidos operando e pratos gostosos ,que aprendemos nas relações de trocas com até a TV,revistas, jornais, congressos, nutricionistas, chefs na sua aula ou palestra, beijinhos Maria,se tá muito bem,sabe agradar e prender a minha atenção. sua fã e amiga,

  23. gerlyanne diz:

    O meu ficou sem calda, é assim mesmo.? Tem como consertar quando isso acontece. ?

  24. Veralucia dos Santos diz:

    Amei! Com certeza vou fazer.

    1. Oba! Depois conta pra gente o que achou. :)

  25. como sou gulosa faço logo de 1 litro de leite. Tenho duas receitas mas não igual a sua. vou fazer essa.

    1. Oba! Quero saber o que achou. :)

  26. Adorei a receita! Acrescentei três cravos-da-índia. Ficou um cheirinho maravilhoso pela casa, amei!!! Obrigada por compartilhar essa receita, beijos

    1. Hummm… Casa perfumada por comida boa. <3

  27. Nossa…
    Vou tentar fazer, sou uma negação na culinária, mas parece ser fácil
    Obrigada, boa note

    1. Depois me conta o resultado. :)

  28. Simplesmente ameiii!!! Parabéns amiga vc arrazou msm! desde criança q eu amo esse doce mas sempre compro pronto pq ñ sabia fazer …agora quero tbm arrazar kkk vou fazer p tds da minha família e darei de presente..vou colocar em potes de vidro
    e presentear…obg por compartilhar conosco bjosss

  29. Beatriz Sacramento diz:

    Olá Maria bom dia. Sou de Portugal, mas vi sua receita e me babei sem experimentar. Me diga por favor, o que vcs consideram leite integral? Nunca ouvi falar, me desculpe por minha ignorância, mas tem alguns nomes brasileiros que eu não conheço, daí estar perguntando. Obrigada por suas dicas maravilhosas. Bem haja,
    Um beijo.
    Bekkas.

    1. Olá, Beatriz. :)
      Leite integral é aquele que não passou por processo para redução do percentual de gordura, como, ao menos por aqui, o desnatado e semi-desnatado.

  30. Camila diz:

    Eu adoro ambrosia, mas aquela branquinha, cheia de caldo, tipo sopa kkk. É a mesma receita? Só deixar menos tempo no fogo?
    Obrigada!

    1. Creio que sim. :)

    2. Faço ambrosia desde menina, diferente. Fiz hoje! E fuca com calda. Primeiro ponho água com açúcar na panela e cozinho até fazer uma calda começando a engrossar. Aí bato ligeiramente os ovos numa tigela, mas não ponho todas as claras. (Hoje, de 5 ovos coloquei 3 claras). As outras guardei para aproveitar noutra coisa. Coloco o leite (de caixinha mesmo) na calda e acrescento os ovos passando-os pela peneira. Para talhar, ponho um pouco de suco de limão ou uma colher de vinagre. (Hoje não precisou, pois o leite estava talhando). Ainda aguns cravos e é só deixar no fogo baixo até ficar do meu agrado. OBS: gosto de acentuar a cor com um pouco de calda caramelada.

  31. Daniel diz:

    Como eu vou saber se a calda já está grossa?

    1. Pela consistência dela. Cheque com uma colher, lembrando que depois de gelada ela engrossará mais.

  32. Maria Rosália santos Freitas diz:

    Se quiser fazer com um litro de leite pode?
    Obrigada

    1. Pode sim, Maria Rosália. Mas nesse caso, multiplique a quantidade dos demais ingredientes por 4. :)

  33. Maria Augusta diz:

    Amo ambrosia. Vou experimentar a sua.
    Sempre fiz diferente. Como filha de mineiros e criada em fazenda,sempre fiz assim, receita da minha mãe.Ela sempre dizia que rapadura é melhor do que açúcar.
    Uma rapadura ,uma dúzia e meia de ovos, cravo da índia e canela em pau.
    Raspe a rapadura,derreta em um litro e meio de água, coe e ponha para ferver´para ir tirando a espuma. Ponha o cravo da índia e a canela.Quebre os ovos em uma tigela misture, não muito e ponha na calda, deixe ferver .Mexa de vez em quando para corar por igual.Olhe sempre a calda para não ficar muito grossa ou muito fina.Nunca fiz com pouco ingrediente,porque aqui em casa é pra comer e dar aos vizinhos.

    1. Gostei da sua receita com rapadura, Maria Augusta. Sem dúvida ela confere um sabor especial.
      Obrigada por compartilhar. :)

  34. Vanessa diz:

    Aí que dó!! O meu saiu todo errado…‍♀️

    Fiquei bem triste!! Ficou escuro e todo misturado..

    1. O que será que houve, Vanessa? Alguma pista?

  35. […] Veja o passo a passo: ambrosia com baunilha […]

  36. ANDREA diz:

    Boa noite
    Acabei de fazer ambrosia, ótimo receita, ficou uma delícia. A minha receita e com leite condensado. Mais adorei a sua, ficou com o gostinho da casca de limão. Obrigada

    1. Que alegria receber seu comentário e saber que gostou dessa versão sem leite condensado. <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.