Granola caseira adoçada com mel

Desde que fui entrevistada pela Women’s Health sobre o meu café da manhã e que a nutricionista que participou da matéria sugeriu que eu acrescentasse alguma fibra, comecei a comer aveia junto com mamão ou banana. Vez ou outra comprava granola mas sempre achava que a digestão ficava um pouco pesada.

Granola caseira adoçada com mel

A ideia de produzir minha própria granola demorou um pouco. Há um motivo por trás disso. Meu pai – que sempre se preocupou com a qualidade de sua alimentação – costuma preparar sua granola e se propõe a fazer isso da maneira mais rústica possível: misturando tudo que ele considera saudável e não torrando para não perder qualquer propriedade nutricional. Recordo desse seu hábito desde que eu era adolescente e naqueles tempos ele tentava me convencer a consumir aquilo que para mim parecia um agrupamento de coisas esquisitas ao meu paladar e olfato. Havia levedo de cerveja, germe de trigo e tantos outros cereais naquele pote cilíndrico de plástico branco aproveitado do leite de soja, também contido na mistura e cujo trauma do sabor dura até os dias atuais.

Afastei as referências visuais e olfativas daqueles dias e segui em frente para criar minha própria referência de granola caseira. A primeira que fiz foi pautada na receita super elogiada da Maria Rê, que prepara comidas bonitas e saudáveis no seu Fogão Azul. Como eu não tinha em casa parte dos ingredientes, observei suas proporções e misturei o que eu gostava e dispunha no momento. O resultado agradou muito e segui aprimorando aqui e ali: mais castanhas, menos castanhas, passas junto com tudo, passas no final, temperatura muito baixa e nem tão baixa assim. Na última fornada já tinha tudo computado e fiz os últimos ajustes para trazer para vocês a receita da granola que tem me alimentado todas as manhã junto com o fruto do mamoeiro que cresce sem parar ao lado da minha cozinha.

Granola caseira adoçada com mel

Espero que gostem tanto quanto temos apreciado por aqui.

Ingredientes
1 xícara de mel
3 colheres de sopa de azeite
3 colheres de sopa de óleo de nozes ou outro óleo saboroso de sua preferência
600 gramas de aveia em flocos
200-300 gramas de castanhas e nozes de sua preferência, picadas grosseiramente (na granola da foto temos castanha-do-Brasil, castanha de caju e amêndoas)
60 gramas de semente de girassol
60 gramas de amaranto
60 gramas de germe de trigo
15 gramas de levedo de cerveja
60 gramas de castanha de caju picada pequena
60 gramas de coco ralado (sem açúcar)
60 gramas de passas escuras
60 gramas de passas claras

Modo de fazer
Misture todos os ingredientes secos, reservando apenas as passas. Despeje aos poucos o mel misturando para distribuí-lo de maneira uniforme. Por último, acrescente o azeite e o óleo de nozes, também misturando bem com os demais ingredientes.

Transfira a mistura para um ou mais tabuleiros, observando os seguintes detalhes:
1– o tabuleiro deve ter as bordas mais baixas para facilitar o processo;
2 – a camada de granola em cada tabuleiro não deve ser muito espessa.

Leve ao forno mais baixo possível (eu usei 140º C). A cada 10-15 minutos, abra o forno e mexa a granola para trazer para cima a camada de baixo e assar tudo de maneira uniforme. Essas mexidas são essenciais para a granola não queimar nas bordas do tabuleiro.

Quando estiver crocante e dourada – aqui isso ocorreu depois de 1h30 -, retire do forno, misture as passas, aguarde esfriar e conserve em um recipiente hermético.

Dica: os ingredientes e as quantidades podem e devem ser ajustados ao gosto de vocês. Experimentem a primeira vez seguindo a receita e a partir daí variem colocando mais coco, acrescentando damasco ou tâmaras e o que mais lhes apetecer.

Granola caseira adoçada com mel

De lá para cá várias outras opções de remédios entraram no mercado como uma alternativa ao azulzinho, confira aqui um manual completo de como funciona o desde o momento da escolha até quais resultados esperar.

Você também pode gostar...

20 comentários

  1. Maria, receita linda e saborosa! Adoro a maneira como descreve suas receitas! Beijos querida

    1. Obrigada, Thaisa. ;*

  2. Vou experimentar, está muito tentadora…

    Tenho feito uma granola salgada que adoro, para salpicar na salada ou sobre vegetais assados, confesso que salpico até na sopa!

    Os ingredientes que eu uso são: flocos de arroz, flocos de milho, sementes de abóbora, castanhas do pará, amendoim – ou qualquer outra noz que tenha em casa – passas, alguma fruta seca picada. Ao azeite misturo curry e sal por cima do tabuleiro. É uma delícia!

    Beijo, Eloisa.

    1. Amei sua dica, Eloisa. Eu às vezes coloco a granola doce na salada por que adoro a conjugação doce/salgado. Mas fiquei tentada a experimentar uma versão com mel e curry. ;)

  3. Maria, assim como seu pai, eu faço minha granola em casa. Mas o estilo parece mesmo um "ajuntamento" de coisas! Quem me ensinou foi uma tia-avo do meu marido, que na epoca tinha 85 anos. Eu misturo aveia, linhaça, gergelim, semente de girassol, proteina de soja clara, passas claras ou damasco picado, castanha-do-para, ameixa preta seca e aveia integral em flocos. A proporçao e de 1kg de aveia e 200g do resto. Eu uso sem torrar, bato no liquidificador todos os dias de manha com banana e leite em po. Ja acostumei e acho uma delicia.

    Faço uma outra granola que e de chocolate (cacau em po), receita da Nigela, e essa vai no forno. E uma delicia tambem e da pra fazer muffins dessa granola, que leva coalhada na receita.

    Adorei a sua receita tambem e vai ser minha proxima tentativa. Abraços!!

    1. Jussara, antes de mais nada, obrigada por compartilhar sua receita conosco. Gostei de saber que meu pai não é o único. rs
      Pelos seus ingredientes, vejo que sua granola fica riquíssima; vou me inspirar nela para minha próxima fornada. :)

  4. Doce rebeldia! Tem até uma concessão a 15 g de levedo de cerveja. Experimentarei não sem deixar de colocar a INFALTÁVEL (pode usar, o neologismo é meu) canela em pó. Beijo, doçura de filha!

    1. Boa lembrança, pai: canela. Nas próximas vou aumentar o levedo de cerveja já que com os anos meu paladar também cresceu e passei a apreciar não só a cerveja mas também sua levedura pura. ;)

  5. Méri,

    e não é que de uns tempos pra cá tenho pensado em fazer minha granola? aí vc me vem com essa receita LINDA! aiai, leu meus pensamentos foi, mocinha?

    aqui, não entendi a frase:

    "1– o tabuleiro não deve ter as bordas mais baixas para facilitar o processo;"

    NÃO deve? ou DEVE?

    Vou procurar as coisas no super e fazer pra apreciar e te contar!

    Beijo, lindona!!!

    1. Obrigada revisora!! ahahaha Eu havia escrito que não devia ter bordas altas mas por fim preferi dizer que devia ter bordas baixas, só que o "não" sem querer ficou pra trás. Obrigada pela dúvida! Já corrigi no texto e a função disso é facilitar a circulação de calor e umidade.
      Espero que você curta; por aqui estamos meio viciados. rs
      Em Vitória não tem um lugar mais barato que supermercado para comprar grãos e frutas secas? Aqui acho na feira bem mais em conta que no super.
      Beijão. E mande notícias!
      Ah, e bom saber que minha bola de cristal continua funcionando bem. ;)

  6. Fiz!

    Coloquei 2 colheres de canela e um punhado de linhaça também. Ah, e, por minha conta, meia xícara de açúcar mascavo! Adoro o perfume e cor que ele dá. Na verdade, fiz uma pré-gosminha com suco de uma laranja, o mel e o açúcar. Mexe e despeja nos secos. A laranja não aparece, mas acho que dá uma umidade a mais antes de ir pro forno.

    Ficou linda, dourada, deliciosa!

    :-)

    1. Que delícia de granola, Renata! Obrigada por compartilhar seus truques aqui. ;)

  7. Iris Di Ciommo diz:

    experimentei essa granola da Maria É deliciosa!!!!!

    1. Que bom que gostou, Iris! Na próxima fornada mando um vidrinho mais generoso. ;)

  8. Maria,

    Parece que seu pai foi o precursor da " ração humana", né?

    Faço sempre granola em casa e um truque bacana que eu vi no blog noz moscada foi incluir também flocos de milho, tenho colocado o nesfit e fica muito bom, crocante. Já fiz uma com manteiga de amendoim também muito boa, pena que menos saudável!

    O bacana é que uma vez que vc faz sua granola nunca mais quer comprar!!!

    Bj

    Camile Caracas

  9. ahahaha Adorei você dizer isso, Camile, porque quando a ração humana apareceu na mídia ele ficou implicando comigo (e com a minha rejeição à granola dele) falando exatamente que ele há anos preparava a tal ração.
    Com manteiga de amendoim deve ser uma perdição!! Vou manter distância dessa versão e exoerimentar os flocos de milho. rs
    Beijão!

  10. Angelica Yumico diz:

    Maria , depois que vim do Japão parei de comer granola , pois as compradas no mercado não são nada saborosas … Hoje (confesso que receiosa ) experimentei essa receita e amei !!! Realmente fica crocante e saborosa diria que até melhor que a da marca Calbee que amava no Japão !
    Obrigada por compartilhar e só lamento não ter feito essa granola antes … Excelente , recomendo !!

    1. Que alegria, Angélica! Amei a notícia!
      Minha próxima empreitada é preparar uma salgada! Você gosta?
      Beijão!

  11. Angelica Yumico diz:

    Nunca comi , mas se ficar bom conte pra gente !! Abraço

  12. […] Fonte: Diga Maria […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.