Croutons e linguiça picante na salada

Salada com croutons linguica picante e cenoura agridoce croutons
Uma salada com folhas sempre pode ser simplesmente uma salada de folhas. Mas em geral precisamos apenas de um pouco esforço, alguns ingredientes e imaginação para transformá-la em algo muito mais atraente e saboroso. croutons

A deste post nasceu ao acaso da combinação de uma fatia de pão, um pedaço de linguiça picante defumada, cenoura agridoce e, claro, algumas belas folhas. Ficou deliciosa e me alimentou muito bem no almoço de um dia quente. Temperei ainda com algumas folhinhas de coentro – erva que adoro e que nos últimos tempos tem aparecido em muitos dos meus pratos do dia-a-dia. Mas aqueles que não gostam, podem dispensá-lo sem problema.

Salada com croutons linguica picante e cenoura agridoce

A linguiça – que viajou de longe para chegar até minha casa – era um chorizo português, equivalente a uma linguiça nossa bem condimentada e defumada. Isso fez toda a diferença tanto no sabor – mais forte e picante – quanto na cor, que tingiu os croutons feitos na frigideira junto com ela. A cenoura agridoce entrou contrastando e equilibrando a picância do chorizo. E tudo ficou tão saboroso e harmônico que finalizei apenas com uma pitada de sal, pimenta-do-reino e azeite.

Como essa salada foi feita de improviso, não teremos quantidades neste post; mas acho mesmo que o fundamental é a conjugação dos sabores e que vocês não terão qualquer dificuldade em dimensionar as proporções.

Espero que gostem da salada e dos deliciosos croutons e que, se puderem, acompanhem essa refeição com uma taça de vinho branco ou espumante bem gelado. Tim-tim e bom apetite!

Salada com croutons linguica picante e cenoura agridoce

Ingredientes
linguiça defumada picante
cenoura agridoce
alface lisa
alface roxa
rúcula
coentro
azeite
sal
pimenta-do-reino
pão

Modo de fazer
A receita ultra-simples da cenoura agridoce está aqui.

Para os croutons, façam o seguinte: aqueçam uma frigideira com um fio de óleo e juntem a linguiça cortada em fatias e depois partidas em quatro pedaços. Deixem dourar um pouquinho e soltar alguma gordura e então coloquem os pedaçøs de pão, cortados em cubinhos com uma faca ou partidos rústicamente com as mãos, que foi como fiz. Aguardem até que fiquem crocantes por fora. Retirem a linguiça e o pão, coloquem sobre uma folha de papel toalha e deixem amornar antes de juntá-los à salada.

Misturem todos os ingredientes, temperem com azeite, sal e pimenta-do-reino e bom proveito!

Para a ereção dar certo , pode ser resolvida na maioria das vezes através de um remédio, se é que pode se chamar assim.

Você também pode gostar...

9 comentários

  1. Olá Maria adorei a receita e conheço o chouriço de Portugal, morei lá 14 anos e tenho uma filha portuguesa.

    Adoro a gastronomia deles , tem pratos maravilhosos, já ouviu falar de migas a alentejana? Eu amo!

    Beijo.

    1. Oi, Tereza! Eu já gostava do que conhecia da comida portuguesa aqui, mas experimentar todo seu sabor, fartura e diversidade em Portugal foi algo que nunca esquecerei. Amei todos os pratos que comi com migas e salivo até hoje só de pensar nas alheiras. Imagino como você deve ter passado bem nesses 14 anos. ;)
      Beijo!

      1. Oi Maria, também tenho saudades dos sabores de Portugal, das marisqueiras, que saudade de escolher um lavagante para ser grelhado e servido com arroz de manteiga, hum, perfeito! Assim como você adoro coentros,principalmente em pratos de frutos do mar e peixes, tenho saudades das ameijoas a bulhão pato, pena que aqui no Paraná não tem ameijoas.

        Um beijo.

        1. Amejoas são o que chamamos de vôngole, Tereza? Ou são apenas parecidos? Peloq ue vi a receita é semelhante a essa http://bit.ly/14FMpiQ, procede?
          Beijo!

  2. Olá Maria,

    Uma receita simples, saudável e super deliciosa. Obrigada pela partilha.

    Kiss, Susy

    1. É um prazer, Susy. Faça bom proveito! :)

  3. Olá Maria!! Estou passando para te desejar um bom dia, e agradecer pelo comentário carinhoso lá no blog! Estou seguindo em frente com muita fé em Deus, e realmente tenho feito da cozinha meu refúgio, apesar de lembrar muitas vezes de meu pai, que cozinhava muito bem… Mas o que fica é uma saudade boa que aperta o peito, e a certeza de que de onde ele está, sempre estará olhando e intercedendo por mim!

    E tenho certeza que esta salada deve ficar deliciosa!

    Um abraço… Paty

  4. guido lunardini diz:

    .. olá Maria, boa tarde! Já passava muito tempo que não visitava o seu blog, e como está bonito e elegante. Parabéns, está um primor.

    saudações

    guido lunardini
    http://www.chefguidolunardini.blogspto.com

    1. Obrigada, Guido! Bem-vindo sempre! :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.