Pernil pururuca do Jamie Oliver

Parece que foi mês retrasado que estouramos champagne festejando o início de um novo ano. Mas eis que Papai Noel bateu à porta trazendo um balde de água fria para nos presentear com um choque de realidade.
Ok, não é tão trágico assim, mas dezembro parece-me sempre um mês ambíguo, repleto de bons encontros e permeado por muitas tensões.
Quando bate o cansaço, respiro fundo e inspiro a proximidade da última semana do ano, quando seremos só festa e alegria. Essa imagem-conforto tem em mim o poder de desfocar a paisagem, fazer brotar um brilhinho nos olhos e voltar a pensar nas gostosuras típicas de dezembro.

pernil pururuca Jamie Oliver

Esta receita de pernil peruruca do Jamie Oliver abriu com chave de ouro o primeiro ensaio para a ceia de Natal. Sua execução ultra simples resulta em um prato cheio de fartura e sabor, que satisfará ao menos 8 pessoas. Se sobrar, é perfeito para desdobrar-se em outras refeições, desfiando sua carne para usar em sanduíches, farofa ou arroz.

pernil pururuca Jamie Oliver

Então, faltando uma semana para o Natal, vamos nos concentrar na preparação dos festejos, porque (ufa!) já, já, estaremos rodeados de pessoas queridas, comidas deliciosas e muita coisa boa para brindar.

pernil pururuca Jamie Oliver

Pernil pururuca do Jamie Oliver

Rendimento
Serve de 8 a 10 pessoas

Ingredientes
um pernil de porco com aproximadamente 3 kg, com osso e pele
6 cebolas descascadas e partidas ao meio
2 colheres (sopa) de semente de coentro
1 colher (sopa) de pimenta-do-reino branca
6 folhas de louro
1 ramo de sálvia desfolhado
1 ramo de alecrim desfolhado
30 g de farinha de trigo
1 ramo de salsinha picada
2 colheres de sopa de mostarda
2 colheres (chá) de sal
azeite extra virgem

Modo de fazer o pernil pururuca e o molho
Preaqueça o forno em temperatura máxima.
Com uma faca afiada, faça cortes em zig-zag na pele do pernil. Disponha as cebolas cortadas pela metade em uma assadeira grande e coloque a carne de porco sobre elas, deixando a parte da pele para cima.
Em um pilão, esmague o sementes de coentro, as de pimenta e o sal. Adicione as folhas de louro e siga pilando os ingredientes, acrescentando um generoso fio de azeite, até formar uma pasta.

Esfregue a pasta na carne de porco, certificando-se de colocá-la em todos os cantos e recantos. Asse a carne de porco por 35-40 minutos, até a pele ficar crocante. Em seguida, reduza a temperatura para 170° C.

Cozinhe lentamente o pernil durante 3 horas e meia, até que a carne esteja facilmente se separando do osso. Misture as folhas de sálvia e alecrim com um pouco de azeite e espalhe-as sobre o pernil. Coloque-o de volta no forno e asse até que as ervas ganhem um aspecto crocante. Retire a carne do forno e coloque em uma tábua de madeira. Cubra com papel alumínio e deixe descansar enquanto prepara o molho.

Leve a assadeira ao fogão em fogo médio, Num cantinho dela coloque a farinha de trigo e misture com um pouco do caldo, formando uma pasta. Misture ao restante do molho que ficou na assadeira e ferva até encorpar. Sirva o molho rústico, ou bata-o com um mixer. Junte a mostarda e a salsinha, ajuste os temperos e sirva com o pernil pururuca.

Mas antes vamos conhecer um pouco da história do . Acompanhe com a gente.

Você também pode gostar...

4 comentários

  1. Meu marido adora pernil, Maria – se ele visse essa belezinha provavelmente o rendimento cairia pela metade…;)

    1. ahahaha Mas olha, Pat, eu o servi em um jantar para 5 pessoas, que comeram muito bem. No dia seguinte, foi almoço para 3 e ainda tenho um pedaço congelado. ;)

  2. eunice diz:

    amei que delicia vou fazer…..

  3. Fernando almeida diz:

    ´VOU EXPERIMENTAR FAZER…DEPOIS CONTO O RESULTADO. OBRIGADO PELA RECEITA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.