Cuscuz marroquino festivo com frutas secas

Todo mundo concorda que cuscuz marroquino é um dos ingredientes mais versáteis do mundo? Sempre lembro dele em momentos que exigem praticidade: basta termos o sabor de um caldo, ou, neste caso, das frutas secas, e seu preparo levará apenas 5 minutos.

receita cuscuz marroquino festivo

O pernil já estava ficando pronto para o jantar e o cuscuz seria um acompanhamento harmônico e leve. Percorri alguns livros em busca de um cuscuz marroquino festivo − para os queridos que vinham jantar e para os leitores que veriam a receita na época do Natal. A inspiração encontrei no livro Chefs − Segredos e Receitas, adequada ao que eu tinha ao alcance das mãos.

receita cuscuz marroquino festivo

A combinação funcionou tão bem, que algumas pessoas repetiram três vezes! Não há indicativo melhor que esse para medir o sucesso de um prato. Esse acompanhamento ficará ótimo ao lado de qualquer carne branca, ou mesmo recheando uma ave, como o autor prepara no livro.

receita cuscuz marroquino festivo

Cuscuz marroquino festivo com frutas secas e nozes

Rendimento
3 a 4 pessoas com fome moderada

Ingredientes
200 g de cuscuz marroquino instantâneo (couscous)
300 ml de água fervente (opcional)
1 boa pitada de estames de açafrão
75 g de frutas secas (usei figo, damasco e tâmara)
50 g de uva passa branca hidratada em água
1 punhado de nozes
2 colheres de sopa de coentro picado
vinagre balsâmico a gosto
azeite a gosto
sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de fazer
Misture o açafrão à água fervente e despeje sobre o cuscuz para hidratá-lo. Cubra com uma tampa ou plástico filme e reserve por 5 minutos.

Pique as frutas secas e as nozes. Retire a uva passa da água e misture tudo ao cuscuz já hidratado. Tempere a gosto com vinagre balsâmico, azeite, sal e pimenta e finalize com o coentro picado. Sirva em temperatura ambiente.

Bons links
Quem quiser conhecer um pouco da história do cuscuz marroquino e das suas variações brasileiras, o paulista e o nordestino, recomendo esse artigo do IG Comida.

A cerâmica linda que abrigou o cuscuz marroquino festivo é da Terra Cerâmica, produzida pela talentosa e querida Malu Ramos.

Graças a esse monstro chamado de impotência sexual ou de disfunção erétil .

Você também pode gostar...

8 comentários

  1. Detesto essas receitas que utilizam coisas prontas… Nunca vi cuscuz marroquino.

    1. Magda, não sei o que você está considerando “coisas prontas”. Nesta receita os ingredientes são naturais e não possuem possuem agentes artificiais. O cuscuz marroquino, ou couscous, é apenas grãos de sêmola de trigo. Em suma, esta é uma receita prática e saudável. ;)

    2. Betthy Freitas diz:

      Magda!
      Cuscuz marroquino não é uma coisa pronta. Você encontra caixas de 250g ou 500g deste produto em empórios, no pão de açúcar, é um grão, semolina muito usado nos países da europa. É uma delícia e você pode criar suas próprias receitas. Esta receita acima é muito boa! No Natal compensa fazer como entradinha, sobre uma folha de alface americana.

  2. Bom dia, Maria!! Essa quantidade de cuscuz serve quantas pessoas?
    Obrigada!

    1. Giselle, depende muito do que ele acompanhará, mas eu chuto 3 a 4 pessoas com fome moderada. :)

  3. Malu Ramos diz:

    ótima ideia Maria. com certeza, vou preparar no Natal e, obrigada pelo post. ficou linda a foto da cerâmica. bjs

    1. Oba!! Depois me conte, Malu!
      E eu que agradeço sua produção tão linda que torna as fotos ainda mais atraentes. ;)
      Beijo.

      1. Adelaide Leao diz:

        Nos tambem adoramos e vamos fazer para o Natal!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.