Meu primeiro filé à parmigiana

filé à parmigiana

Amo esse prato. Mas na casa dos meus pais nunca foi hábito fazer fritura e acho que eu trago comigo essa herança; é muito raro eu me dispor a preparar algo frito. O problema é que em muitos restaurantes o parmigiana decepciona no sabor ou é muito pesado, ou os dois. E foi exatamente isso que me motivou a encarar uma panela com óleo. A parte boa é que toda vez que me convenço e faço uma fritura acabo sempre achando que é menos nocivo e impregnado de óleo do que eu pensava. Melhor assim, né?!

O processo foi menos demorado e bagunçado do que eu imaginava: o pão logo virou farinha, o molho de tomate mesmo com pouco tempero ficou uma delícia, a fritura não sujou o fogão e o tempo de forno foi menor do que eu previa e que minha fome antecipadamente lamentava.

Expectativas eu certamente tinha, mas não esperava que o parmigiana ficasse tão saboroso e ao mesmo tempo leve (juro, ficou leve!) E gostei tanto que assim que saiu do forno seguiu pra mesa. E assim que eu saí da mesa, o trouxe pro blog. Pra vocês!

Meu primeiro filé à parmigiana

Ingredientes (para duas pessoas)
2 bifes de aproximadamente 100 gramas cada (usei filé mignon)
100-150 gramas de queijo minas padrão ralado
2 tomates grandes maduros
1/2 cenoura
3 dentes de alho
1/2 cebola picada pequena
pimenta do reino moída na hora
1 ovo
farinha de trigo
farinha de rosca*
óleo pra fritar

Modo de fazer o filé à parmigiana
Lave os tomates, parta em quatro pedaços cada e bata-os no liquidificador com a cenoura descascada, um pouco de água e sal.

Numa panela, refogue no azeite alho e cebola picados. Junte o tomate batido e a pimenta do reino, tampe a panela e deixe fervendo em fogo baixo. Olhe de vez em quando e acrescente água, aos poucos, sempre que necessário. Quanto mais tempo ferver menos ácido ficará. Portanto, se puder, deixe por 2-3 horas no fogo. A consistência do molho deverá ser mais encorpada do que a de um molho para massa; assim ele não soltará água quando estiver no forno.

Separe três travessas ou pratos fundos e coloque a farinha de trigo em um, o ovo batido com uma pitada de sal e duas colheres de sopa de água em outro, e a farinha de rosca no terceiro.

Tempere os bifes com sal e alho espremido e vamos empaná-los! Um por vez, passe os bifes na farinha de trigo – balance um pouquinho para retirar o excesso, depois na mistura de ovo – suspenda e deixe escorrer uns segundos, e por fim na farinha de rosca.

Meu primeiro filé à parmigiana

Aqueça uma panela com cerca de um dedo e meio de óleo. Fique de olho na temperatura, não deve esquentar a ponto de sair fumaça! Para testar o momento certo, coloque um pedacinho de pão: ele deverá dourar sem muita demora (dourar e não queimar! ;O). Temperatura ajustada, frite os bifes virando-os quando dourarem o lado de baixo.

Meu primeiro filé à parmigiana

Quando a cor estiver uniforme, retire da panela escorrendo bem a gordura e coloque-os sobre papel toalha para ela absorver o máximo possível de óleo.

Escolha uma travessa refratária bonita, coloque 1/3 do molho no fundo, disponha os bifes por cima, cubra com o restante do molho e distribua o queijo ralado sobre os bifes. Agora basta levar ao forno médio até que o queijo derreta e o molho borbulhe.

Para acompanhar o filé à parmigiana, sugiro purê de batata ou, como na foto, arroz com batatas assadas.

(*) Se quiser fazer a farinha de rosca em casa, basta utilizar um pão endurecido ou aquecido no forno até ficar totalmente crocante (por dentro e por fora). Corte-o em fatias grossas e triture-o no liquidificador ou processador até ficar com a consistência da farinha de rosca. Para esta receita utilizei 1/3 de uma ciabata que estava esquecida por aqui.

Graças a esse monstro chamado de impotência sexual ou de disfunção erétil .

Você também pode gostar...

14 comentários

  1. Denise diz:

    Olá,
    uma dúvida: o molho tem que ficar realmente de 2 a 3 horas no fogo? Se deixar por 30 minutos apenas ficará acidamente insuportável para comer? Queria fazer esse prato nesse sábado para o almoço mas não vou ter tempo de deixar 2 horas no fogo…
    Ah, parabéns pelo site, descobri hoje e já virei fã! =)
    Denise

    1. Olá, Denise! Bem-vinda!
      Pode deixar menos tempo no fogo sim. Talvez não fique tão delicado mas com meia horinha certamente ficará gostoso. A cenoura é colocada para auxiliar na acidez; um pouquinho de açúcar pode ajudar também.
      Depois me conta o que achou?!
      Beijo, bom final de semana e volte sempre!

  2. Maria miha flor

    Por ser seu primeiro filé a parmegiana, digamos que vc se superou na cozinha como sempre. Tudo o que vc faz, resulta em pratos lindos e maravilhosos como este. Parabéns.
    Quando vc puder dê uma passada no meu blog, eu postei um filé a parmegiana que faço a muitos anos aqui em casa, não frito, vai direto no forno. Fica uma delicia…. Mas adoro as duas formas de fazê-lo. Gulodice é isso hehehe
    Um lindo final de semana….bjocas

    1. Obrigada pelo carinho e pela dica, Josy! Já passeei pelo seu blog e vi como é simples substituir pelo forno; tentarei na próxima!
      Beijo! E depois volto lá pra te contar!

  3. Barbara diz:

    Olá!
    Fazia tempo que eu estava à procura de um bom site brasileiro sobre receitas, que tivesse fotos de qualidade, e estou muito contente de ter encontrado o seu! Desejo sucesso para você e continue postando essas fotos maravilhosas que expôem a beleza da culinária!

    1. Seja muito bem-vinda, Barbara! Fico feliz que tenha encontrado essas qualidades no DigaMaria!
      Volte sempre e sinta-se à vontade para comentar, perguntar, criticar. ;)
      Beijo e ótimo final de semana!

  4. humm, deu agua na boca e me animei pra fazer!! adorei as dicas!
    bjos!

    1. Adoro quando as pessoas se animam, Nanda! Eu em breve quero experimentar a versão sem fritura que a Josy comentou; considerando que a beringela a parmigiana que fiz no forno ficou ótima, estou muito esperançosa com essa versão mais saudável.
      Se fizer mesmo por favor me conte o que achou!
      Beijo e obrigada pela visita!

  5. Maria! Sou fã das mais mais de um bifinho parmegiana!! Tenho 2 dicas que aprendi e te repasso: uma é deixar os bifes marinando nos ovos batidos, misturados com salsa, pimenta do reino e o que mais usar. Uns 30 min. Depois vc usa a sobra desse marinado para fazer bolinhos (misturados ao resto da farinha de rosca e do trigo). Fica aquele bolinho de vó, muito bom! e outra é passar o bife um pouco, antes de empanar. Fica com a casca mais sequinha e firme! bjos e adoro te "consultar", rs!

    1. Meng! Que bom ver você por aqui!
      Explica melhor o que é "passar o bife". Outra dúvida que fiquei foi, quando você deixa o bife descansando nos ovos batidos, ele já foi passaso no trigo?
      Super obrigad pelas dicas! Beijão!

      1. Então, esse truque de passar é com o bife temperado( sal, pimenta do reino, e o que mais usar). vc dá uma fritada rápida nele na frigideira bem quente, os dois lados, assim ele não encolhe dentro do empanado e não ficam aquelas bolhas de ar. fazer isso e depois passar no ovo, farinha de trigo e rosca.
        Já truque do ovo e temperar os ovos batidos literalmente (bater com sal, pimenta, cheiro verde, etc) e depois deixar o bife cru, sem nada, marinando. depois vc passa no trigo, novamente no ovo e por último a farinha de rosca. à sobra desse ovo usado pra marinar vc acrescenta farinha de rosca e trigo até ficar uma massa mole, de enrolar na colher e fritar.

        1. Valeu, Meng! Seguirei suas instruções no próximo! :**

  6. Oi Maria, tbm fiz filé a parmegiana aqui em casa hj… só que fiz assado. Tbm estou evitando frituras, e ficou muito bom. Eu coloquei os bifes já empanados em uma forma untada com azeite e fechei com papel laminado, deixei uns 15 minutos do forno, depois tirei o laminado e deixei mais um tempo até ficaram douradinhos, depois fiz o processo normal… Bjusss

    1. Tenho que experimentar essa versão, Karen. Obrigada pelo incentivo. :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.