Massa com lula e um quase pesto

A lula andou linda e barata por aqui e por mais que eu goste de cozinhar com ingredientes frescos não resisti: comprei um quilo a mais e congelei quatro porções. Uma virou salada com folhas de rúcula e molho; outra virou risoto, a terceira eu já não lembro mais e, por fim, a quarta, foi esta massa com lula, meu almoço nesta semana.

Massa com lula

Era segunda-feira e me despedia da visita da minha cunhada, sogra e sobrinho bebê. Elas voltariam da praia, dariam comida ao pequeno e logo pegariam estrada. Disseram que eu não me preocupasse com o almoço pois sairiam antes do meio-dia. Além de não se tratar de uma preocupação, não me pareceu uma boa opção deixá-las almoçar pela estrada. Precisava então de um prato único, com cara festiva e rápido de preparar. Tinha a última porção de lula no congelador e bastante manjericão na horta; na despensa, um pacote de trine (uma bela massa francesa) e na geladeira, salada de folhas. Nem precisei pensar muito, concordam?

Os ingredientes e suas quantidades para a massa com lula foram os seguintes (renderam quatro porções moderadas)
300 gramas de massa trine (ou qualquer outra de sua preferência)
300 gramas de lulas limpas e cortadas em anéis
1/2 xícara de folhas de manjericão lavadas e secas
3 dentes de alho
suco de 1/2 limão cravo
+/- 75 ml de azeite + 2-3 colheres para refogar as lulas
+/- 2 colheres de sopa de anchovas em conserva picadas
sal a gosto

Massa com lula

Modo de fazer
Coloque para ferver água e sal para cozinhar a massa. Quando levantar fervura, coloque a massa e marque o tempo de cozimento indicado na embalegem. Quando estiver al dente, retire e escorra*.
No liquidificador ou num triturador coloque as folhas de manjericão, o azeite, as anchovas e um dente de alho. Processe e reserve.

Massa com lula

Esprema dois dentes de alho e tempere as lulas.
Aqueça uma frigideira larga com duas ou três colheres de azeite. Refoge nela as lulas, mexendo de vez em quando. Acrescente sal e esprema um pouco de limão; prove o ponto e desligue o fogo quando estiverem macias. Assegure-se de não deixá-las mais que 7 ou 8 minutos no fogo porque depois disso as lulas ficarão borrachudas e para voltarem a ficar macias precisarão de mais uns 30 minutos.

Massa com lula
com 2 e com 5 minutos de cozimento

Na hora de finalizar, aqueça a frigideira com as lulas, junte umas colheradas da água do cozimento da massa e mexa – apenas para soltar o alho e o gostinho que ficaram presos no fundo. Acrescente a massa, desligue o fogo, regue com o pesto, misture bem e sirva.

(*) Quando a massa fica pronta antes do molho, basta manter a água do cozimento aquecida na panela. Na hora de misturar a massa ao molho, mergulhe-a brevemente na água quente e você a terá novamente soltinha e aquecida.

De lá para cá várias outras opções de remédios entraram no mercado como uma alternativa ao azulzinho, confira aqui um manual completo de como funciona o desde o momento da escolha até quais resultados esperar.

Você também pode gostar...

4 comentários

  1. Nossa, fiquei com água na boca! Adoro todo e qualquer fruto do mar e essa lula está com uma cara maravilhosa!!!
    Mais uma receita para o meu caderninho… ehhehe

    Beijos

    1. Também adoro frutos do mar, Ana. Aguardo notícias da receita quando ela sair do caderninho e for pra mesa! ;)
      Beijo!

  2. celialice diz:

    Amooo! Saudades de ir comprar a lula na linda orla de Ubatuba e me deliciar depois com ela preparada pela Maria!

    1. Muita saudade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.