Palmier

palmier

Há algum tempo a União me convidou para preparar um post açucarado para o blog da marca. Enquanto eu pensava no que faria me deparei com uma receita de palmier e fiquei de queixo caído com a simplicidade de execução com dois únicos ingredientes: massa folhada e açúcar refinado. Eu amo essa guloseima, e como nem sempre é fácil encontrá-la crocante e saborosa, não tive dúvida que seria esse o post.

palmier

Confira o passo-a-passo abaixo, escolha uma boa massa folhada, convide uns amigos, passe um café fresquinho e bom proveito!

Ingredientes para 15 a 20 unidades de palmier
açúcar refinado
massa folhada fresca ou congelada (deverá estar descongelada para utilizá-la)
papel manteiga (para forrar a assadeira)

Modo de fazer
Pré-aqueça o forno em 210 graus.
1. Cubra uma superfície lisa e limpa com açúcar refinado.
2. Sobre o açúcar, desenrole e abra a massa folhada.
3. Salpique mais açúcar sobre a superfície da massa e, com o auxílio de um rolo de macarrão ou com as próprias mãos, pressione; o intuito aqui é abrir um pouco a massa além de incorporar o açúcar nela.
4. Dobre as duas pontas da massa até se encontrarem no centro. Aperte suavemente.

palmier

5. Dobre novamente até o centro. Pressione suavemente.
6. Dobre mais uma vez, agora na metade, e pressione.
7. Pronto, hora de cortar a massa em tiras de aproximadamente um dedo de largura. Utilize uma faca afiada e corte cada tira num único movimento (o ir e vir da faca pode abrir as dobras da massa).
8. Disponha as tiras numa assadeira forrada com papel manteiga. Deixe um espaço entre as tiras pois elas crescerão bastante.

Leve ao forno e fique de olho. Quando dourarem a superfície de baixo, vire-as. Quando estiverem douradas por igual, retire-as do forno e aguarde esfriar um pouco para só depois manuseá-las.

E se alguma fornada passar do ponto, não fique triste. Quebre as palmiers que ficaram tostadinhas e sirva como acompanhamento para um sorvete com cobertura.

Esse mesmo composto, o serviço de saúde do Reino Unido, ao menos dois terços dos homens que usam o medicamento dizem que ele funciona e provoca ereção .

Você também pode gostar...

18 comentários

  1. Maria!!
    Acho que nunca comi esse tal de Palmier, mas essas suas fotos… são de dar água na boca, viu? Arrasou!
    Fiquei com vontade de tentar, mas nunca fiz massa folhada… compra pronta, faz em casa? Como é? =P

    beijo

    1. Ei, Nara!! Que delícia saber que as fotos te animaram!!
      Massa folhada pode ser feita em casa ou comprada pronta. Eu estou ensaiando fazer a caseira mas o processo, apesar de simples, é um pouco trabalhoso. Mas no supermercado você encontrará algumas opções refrigeradas ou congeladas; ela vem envolta em um plástico e na hora de utilizar basta desenrolar; é tranquilo. Depois de assadas ficam crocantes e carameladas… amo!
      Se fizer me conta, tá??
      Beijão e ótima semana!

  2. Maria querida, já fiz palmier também lá no blog e suas fotos estão de dar água na boca !!! Hummm Faria qualquer loucura por alguns desses comigo agora! Inclusive trocaria meu almoço fácil…! Por sua culpa, estou louca para sair do trabalho e ir correndo cozinhar essas delicias! hahaha :D Lindos e adorei as fotos!! Beijos!! Tereza

    1. Obrigada, Tereza! Eu também fiquei na vontade enquanto preparava este post. E o pior, as palmiers já haviam acabado há tempos!!!

  3. Olá Maria, seus palmiers ficaram lindos!Ainda não me arrisquei com massa folhada, mas agora me animei!rs…
    bj…

    1. Anime-se sim, Cristina! A massa folhada caseira é um pouco trabalhosa, mas usar a pronta é facílimo. Essa receita vale muito o pouco esforço que demanda! ;)

  4. Adorei o passao-a-passo e a receita! Ficaram lindos! parabéns!

    1. Obrigada, Bruna! Adoro quando consigo fazer o passo-a-passo; facilita, né?!
      Beijão e obrigada pela visita!

  5. Sempre tive vontade de saber a receita de palmier!! Adorei!!
    Aproveito a oportunidade para que visite meu recém criado blog…aromasnacozinha.blogspot.com

    Beijo,
    Tina!

    1. Olá, Ana Cristina!
      Já visitei seu blog e adorei saber que você estuda gastronomia; feed assinado. ;)
      Aguardo notícias da sua fornada de palmiers.
      Beijo!

  6. Oi Maria,
    HOje Dia do Amigo, vim aqui pra lhe dar meu abraço e parabenizar pelo excelente blog.
    Bj,
    Lylia

    1. Ah, que gracinha, Lylia!
      Um beijo pra você e obrigada pela lembrança!

  7. Maria!!! Feliz dia do amigo querida !! Amanhã vai no blog uma receitinha sua que fiz em casa e adorei!!Depois passa lá para me visitar!! Beijos! Tereza

    1. Fui! ;)

  8. Bacana o novo layout do seu blog. Seu palmier está absolutamente lindo, deu vontade! E a história do queijo de cabra é longa auahuaha, andei produzindo queijo de cabra fresco pra consumo em casa, já que eu e meu pai adoramos! O leite eu conseguia em um dos lugares cujo Senac tinha parceria. Atualmente não estou indo mais pra lá… consequentemente perdi minha fonte de leite de cabra não-pasteurizado! rsss bjão!

    1. Ei, Diego!!
      Eu amo queijo de cabra, sobretudo o fresco. Pensar em produzir pra consumo próprio me parece um luxo extremo! Torço daqui pra você encontrar um novo fornecedor e, quem sabe um dia, eu ache um também. :) Taí, vou pesquisar na feira no próximo sábado!
      Obrigada pelos elogios e apesar dos meus escassos comentários, adoro o conteúdo do ThinkFood.
      Beijão!!

  9. Esqueci de elogiar as fotos!

  10. […] preparando palmiers e fiquei tão surpresa com a simplicidade que quando pensei numa sobremesa rápida logo lembrei […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.