Rabanada de panetone

Rabanada de panetone

Quando olhei os mini panetones na padaria juro que achei que estava tendo uma idéia nova: rabanada de panetone! Comprei um para experimentar, empolgadíssima pela grande inovação. Antes, porém, de colocar a mão na massa, resolvi pesquisar pra ver se por acaso alguém já tinha tido essa grande ideia e o Google exibiu, aproximadamente, 26.800 resultados para rabanada de panetone. (risos) Após um segundo de frustração, aproveitei para conhecer as versões disponíveis, afinal, 26.800 resultados certamente apresentariam ingredientes ou processos bem diferentes. Li umas cinco receitas e resolvi fazer três versões: uma com licor de amêndoa, outra com vinho do Porto e uma tradicional, com leite. E querem saber?! Detestei as duas primeiras. Já a com leite… adorei!

Rabanada de panetone

Coloco abaixo a receita para vocês aproveitarem aquelas fatias de panetone que em geral sobram depois do Natal. Mas, quem quiser ter um gostinho antes do dia 26, sugiro essa versão de rabanada com mini panetone para acompanhar um café no meio da tarde, exatamente como eu fiz. ;)

Ingredientes para as rabanadas de panetone
fatias de panetone amanhecido com cerca de 1,5 cm
leite
ovo
açúcar
manteiga

Modo de fazer
Disponha uma vasilha com o leite, outra com o(s) ovo(s) ligeiramente batido(s), um prato com o açúcar e outro forrado com papel toalha.

Aqueça uma frigideira com duas colheres de sopa de manteiga.

Com o auxílio de uma colher, umedeça as fatias de panetone com o leite – o leite é sem açúcar porque o panetone já é doce; o panetone não deverá ser mergulhado no leite pois ele já é úmido e do contrário ficará encharcado.

Passe as fatias pelo ovo batido, escorra bem e coloque na frigideira. Quando dourar de um lado, vire. Quando dourar do outro, retire e coloque sobre o papel toalha.

Prossiga até que todas as fatias estejam fritas e acrescente manteiga à frigideira sempre que for necessário.
Passe as rabanadas pelo açúcar e pronto, pode coar o café. :)

Rabanada de panetone

Já há algum tempo, o , No entanto, embora seja um remédio de sucesso, existem alguns riscos e contra indicações que devem ser avaliados.

Você também pode gostar...

31 comentários

  1. DE-LÍ-CIA!

    Acho que agora o pessoal lá de casa não terá do que reclamar! Ah! Dei muita risada com a ideia e decepção na mesma frase. rs Isso sempre acontece comigo! ;)

    Beijos, Má!

    1. Por que eles reclamam, Mila? (e que bom que gostou!)

  2. adoro rabanada de panettone, minha avó já fazia quando eu era pequena, adoro rabanada com qualquer tipo de pão! esta semana fiz uma de panettone, está lá no blog.

    suas fotos estão lindas !

    bjs

    Ju

    1. Adorei ver a a história e a variedade de rabanadas no seu post, Jussara. :)
      Obrigada por compartilhar conosco.
      Beijo!

  3. Debora Correa diz:

    Maria, vou te contar uma coisa, tá difícil a gente ter uma ideia, né? Quase toda vez que eu penso: "nossa, vou revolucionar o mundo culinário" descubro que já tem tanta gente que testou coisa igual ou parecida! Mas fica triste não, que o que conta é o nosso toque nas receitas! Vou testar esta sem dúvida! Beijos

    1. Acho que a frustração durou pouco justo porque não tenho a expectativa de ter uma idéia inédita. rsrs O que de fato importou foi ter descoberto uma variação tão deliciosa pras já tão deliciosas rabanadas. ;) Quando experimentar me conta, tá, Debora?! ;*

  4. E não é que vc acertou? Me deu vontade de comer rabanada esses dias…vou testar sua receita assim que tiver um panetone aqui…

    Beijos

    1. Pois eu já ando pensando em comprar um chocotone só pra fazer mais dessas rabanadas, Cibele. ;)
      Beijo!

  5. celialice diz:

    que tentação!!! Amo rabanada, de panetone então, nossa, deve ficar deliciosa!

    1. E no fim das contas nem é muito calórica, Mami. :)

  6. Camila Guedes diz:

    Vou testaaaar! Sem duvidas que vou adorar.

    Será que chocotone fica bom? (sem o açucar) rs

    1. Quero testar em breve, Camila! Você foi a segunda pessoa que me fez essa pergunta e não posso deixá-la sem resposta. ;)

  7. Ana Vergara diz:

    Puxa, a sua ideia "original" me deu água na boca! E adorei a sua versão de fritar na manteiga… sempre fritava as minhas em óleo. Vou tentar com os panetones que tenho aqui!Obrigada e boas festas!

    1. Que bom que gostou, Ana. Eu curti a contribuição do sabor da manteiga. :)
      Quando usar os seus panetones me diga se gostou, combinado?!
      Beijo.

  8. Jean Claude diz:

    Das sugestões acima, que tal acrescentar só um pouco de vinho do Porto no leite para dar só o aroma ?

    1. É uma idéia, Jean Claude. Mas acho que preferi a versão com leite porque o panetone já é carregado em essência. Mas vale o teste. :)

  9. Lucia Helena diz:

    Olá Maria…essas rabandas estão lindas, douradas e parecem tão crocantes! Não foi atoa que o Brasil herdou essa maravilha de Portugal,mais ao norte daquele pais eram conhecidas como fatias douradas! Realmente de dar água na boca !!!!

    Obrigada bela bela dica para o Natal e que seu Natal seja tão doce quanto suas rabanadas ! Abraçossss…

    1. Que assim sejam os nossos Natais, Lucia Helena! Espero um dia poder comer essas fatias douradas em terras portuguesas. ;)
      Beijão e obrigada pela visita.

  10. Oi Maria…vc arrasou de novo heim…vou fazer na ceia de natal e tenho certeza que vai ser um sucesso…

    Maria te desejo um Feliz Natal e um 2012 repleto de realizações e muita saúde….beijos

    Tania

    1. Muito obrigada pelos votos e pelo carinho, Tania. Que o seu Natal seja doce e feliz; e que 2012 seja lindo para todas nós. :)
      Beijo!

  11. Vou fazer hoje. Feliz ano novo Pri

    1. Feliz Ano Novo, Priscila!
      Torço para que tenha feito e adorado.
      Beijo!

  12. Débora Carnei diz:

    Nossa, não gosto de panetone mas essa rabanada fiquei fã.

    Obrigada pela dica Maria.

    bjs e Feliz Ano Novo

    1. Eu também adorei essa opção de rabanada, Débora. Usarei seu comentário para tentar convencer uma grande amiga que detesta panetone a provar. ;)
      Beijo e feliz ano novo pra você também!

  13. Aiai Maria, terei de fazer para o café de amanhã…acredita que não fiz rabanadas esse ano, acho que chegou a hora, depois te conto, tá! Bjs!!!

  14. Faça!! Não dá pra ficar sem rabanadas nessa época, né?!
    Aguardo notícias. Beijo!

  15. Nossa, achei incrível!

    Experimentei e amei! As minhas estão aqui: http://agoraquesoudonadecasa.blogspot.com/2012/01
    Suas receitas são sempre ótimas fontes de inspiração!

    Parabéns! E super obrigada!

    :-)

    1. As suas rabanadas ficaram lindas, Grace! Fico feliz por ter lhe inspirado e agradeço que tenha me citado. :)

  16. […] no óleo. A primeira vez que vi a rabanada de panetone foi no blog da minha amiga Maria – o Diga Maria. Eu sempre quis fazer, mas nunca me lembrava, mas este ano não deixei passar em branco. Se você […]

  17. Joyce Brandão diz:

    Meu DEUS me socorre da Maria!!! rsrsrsrrs Mas eu vou fazer a rabanada tradicional sem açúcar!
    Obrigada por me fazer sempre ficar com água na boca! :-)

    1. ahahaha É um prazer, Joyce! ;)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.