Geléia de maracujá

18 de maio de 2011 32 Comentários por Maria

Geléia de maracujá

Para contar a história desta geléia de maracujá precisamos dar um pulo no quintal do meu vizinho. Quando eu ainda nem morava na casa ao lado, ele resolveu plantar sementes de maracujá que cresceram, não frutificaram, mas ficaram por lá com sua folhagem. O tempo passou, ele ganhou novos vizinhos e a vida transcorreu normalmente sem que eu soubesse da existência do tal pé.

Um dia, ao voltar de viagem, desci do carro e me deparei com uma das flores mais lindas que já vi. Senti um deslumbramento de criança que cresceu num par de dias quando a flor deu lugar ao primeiro fruto e a planta que pulou a cerca me presentou com 15 lindos maracujás. Minha gratidão foi tamanha que me apressei em preparar cookies de agradecimento; surpreendi o vizinho e descobri seu receio dos maracujás estarem incomodando o marasmo das nossas plantas ornamentais.

Geléia de maracujá

Três meses e muitos sucos de maracujá depois, veio outra floração e com ela enormes besouros que emitem som de helicópteros. Os primeiros frutos maduros dessa segunda leva viraram esta geléia. E o resultado ficou tão bom que os maracujás que neste momento amadurecem na minha despensa terão o mesmo ilustre destino.

Geléia de maracujá

Ingredientes para cerca de 300 ml de geléia de maracujá
150 ml de polpa de maracujá (+/- 4 maracujás médios)
casca dos maracujás
suco de 1 limão pequeno
200 gramas de açúcar
água

Modo de fazer
Lave e corte ao meio os maracujás. Reserve a polpa, meça seu volume e separe a mesma medida de água.

Coloque as cascas na panela de pressão, cubra com água e leve ao fogo. Quando atingir pressão, diminua a chama e marque 5 minutos. Desligue o fogo, aguarde terminar a pressão, tire as cascas da panela e deixe esfriar um pouco. Com o auxílio de uma colher retire a parte branca da casca e descarte a parte amarela. Bata a parte branca no liquidificador com a metade da água separada e coe.

Bata o restante da água com a polpa do maracujá e coe (se quiser sementinhas na geléia, reserve algumas sem bater).

Junte tudo numa panela (parte branca e polpa batidas e coadas), acrescente o açúcar e o suco do limão e leve ao fogo (neste momento aproveite para experimentar o sabor e ajustar ao seu paladar acrescentando mais açúcar ou limão). Retire a espuma que se formará na superfície e nas laterais da panela ao longo do tempo no fogo. Pelo que li essa espuma, se mantida, deixará a geléia amarga.

O tempo de fervura até atingir o ponto ideal é de cerca de 40 minutos; para saber se a geléia de maracujá já está pronta, coloque uma pequena quantidade num pires e leve ao freezer por um minuto. Retire e cheque se está na consistência desejada. Se estiver, desligue o fogo, transfira a geléia para potes higienizados, aguardo esfriar e conserve na geladeira.

Dicas: Eu costumo preparar os potes assim: coloco os potes de vidro e suas tampas numa panela, cubro com água e fervo por 10 minutos. Retiro com uma pinça e deixo secar com a boca para baixo sobre um pano de prato limpo.

A parte branca da casca, quando cozida e em contato com o ácido do limão, libera uma substância chamada pectina. Ela é responsável pela consistência gelatinosa da geléia além de contribuir, junto com o açúcar, para uma maior durabilidade da fruta.

Gostou? Compartilhe!

Deixe seu comentário

Os Campos com * são obrigatórios. Mas não se preocupe, seu e-mail não será divulgado.