Pão de tomate e frango

O motivo de termos aqui um post com reaproveitamento de frango logo na sequência do empadão é um só: os leitores que acompanham o DigaMaria no Facebook assim quiseram. Lancei três opções e perguntei qual delas deveria ser o post de hoje e por 18 votos contra 15, este pão foi eleito. Se quiser participar da próxima escolha, além de ver fotos e dicas que muitas vezes só aparecem lá, basta clicar aqui e curtir o DigaMaria.

Pao com frango 02

Na semana seguinte ao frango assado comprado, eu mesma preparei um outro. Comemos em mais pessoas e o que restou era pouco mais que meio peito. Ficou ali na geladeira, embaladinho, por um ou dois dias sem que a criatividade apontasse um aproveitamento digno. Eu abria a geladeira, olhava o pedaço solitário e nada me ocorria…

Então o sábado chegou e trouxe consigo a querida feira livre. Parei para olhar uma banca que sempre tem uns pães bonitos e nesse dia, justo nesse dia, havia um feito com frango e outras tantas coisas. No primeiro momento estranhei um pouco aqueles elementos no meio da massa mas bastou pôr os pés em casa para ligar uma coisa à outra. E para dar um toque especial, substituí a água por suco de tomate numa receita que já é tradicional por aqui.

O pão não chegou a durar 24 horas: comemos com requeijão, com conserva de abobrinha, com manteiga e purinho. Espero que vocês pulem a parte do estranhamento e de primeira se deliciem com essa invenção de moda.

Pao com frango 01

Ingredientes
2 colheres de sopa de manteiga
1/2 xícara de suco de tomate (bati os tomates com pele e sementes e sem água)
2 colheres de sopa de leite em pó
5 g de fermento seco instantâneo
2 colheres de sopa de açúcar refinado
1 ovo
2 1/4 de xícara de chá de farinha de trigo
1/2 colher de chá de sal

Para o recheio
80 gramas de frango cozido picado
4 azeitonas picadas
1/2 cebola pequena
2 dentes de alho
20 gramas de passas hidratadas em água quente e escorridas
azeite

Para pincelar
1 gema
pimenta do reino a gosto

Modo de fazer
Faça um refogado com um pouco de azeite, o alho, a cebola, o frango e as azeitonas. Deixe-o bem sequinho e reserve.
Na panificadora, coloque todos os ingredientes (úmidos primeiro, secos s seguir), escolha o ciclo caseiro com a opção assar desativada. Bata até a massa ficar homogênea (cerca de 5-10 minutos).
Na mão, misture primeiro os ingredientes secos e em seguida os úmidos. Trabalhe a massa até ficar homogênea.
Considerei o ponto certo da massa aquele no qual ela desgruda das mãos mas ainda gruda um pouquinho, sabe?!
Misture à massa o refogado de frango e as passas escorridas e trabalhe manualmente até que tenham sido incorporados.
Coloque numa assadeira polvilhada com farinha de trigo, cubra com um pano de prato limpo e deixe crescer por aproximadamente 40 minutos, ou até dobrar de tamanho.
Acenda o forno a 180-200 graus e deixe pré-aquecendo.
Uma vez crescida, aperte a massa para retirar o ar, molde no formato desejado, retorne para a assadeira, cubra novamente com o pano de prato e aguarde mais 30-40 minutos até dobrar de tamanho.
Pincele o pão com a gema misturada à pimenta do reino e leve ao formo por aproximadamente 30 minutos. Um pouco antes de retirar o pão eu pincelei o que sobrou da mistura de gema e pimenta. Quando assado, retire do forno e deixe esfriar sobre uma grade.

E é sobre isso que trataremos hoje em nosso artigo tem evoluído ano a ano .

Você também pode gostar...

2 comentários

  1. O pão ficou lindo! Vou fazer, apenas vou limar o frango porque ando numa fase nada carnivora.Esse fermento seco é o de pão, né?
    Bjs

    1. É o de pão, sim, Dricka.
      Ontem escutei das minhas duas irmãs que não estão numa fase carnívora; agora você também??! rsrs
      Volta pra me contar quando fizer; de repente vale incrementar com milho, palmito ou mais azeitonas.
      Beijo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.