Paella com peixe e frutos do mar

paella na panela de barro

Acho por bem começar este post esclarecendo que esta foi a primeira paella que comi e a preparei sem preocupação em reproduzir uma receita tradicional. A ideia inicial era fazer uma moqueca de peixe com camarão. Na hora de iniciar o preparo olhei bem os ingredientes e no lugar dos três pratos que havia imaginado – a moqueca, o pirão e o arroz – enxerguei uma paella. Troquei o arroz arbóreo pelo agulinha, guardei a farinha de mandioca e peguei o açafrão. Para enriquecer, descongelei os mexilhões e tratei de aquecer a panela de barro, pois dentre as que tenho em casa foi a que me pareceu mais apropriada.

Usei as instruções que já havia lido aqui e ali e acrescentei alguns temperinhos que me pareciam combinar como leite de coco e coentro. Esse último bem pouquinho direto na panela mas com uma porção à parte para que os fãs, como eu, pudessem temperar direto no prato.

paella na panela de barro

Com pouquíssimo trabalho e em menos de 30 minutos a paella estava pronta, linda e cheirosa, a caminho de saciar nossas fomes de alimento, de sabor e de uma bela mesa compartilhada com pessoas queridas.

Ingredientes para quatro pessoas
2 xícaras de arroz branco agulinha
1 xícara de peixe em cubos (cerca de 180 gramas)
12 camarões médios sem casca e sem cabeça (cerca de 200 gramas)
12 mexilhões sem casca
5 xícaras de caldo de peixe e camarão (receita abaixo)
¾ de xícara de tomate picado
½ xícara de cebola picada
2 dentes de alho espremidos
¼ xícara de cebolinha picada
1 pitada generosa de açafrão
5 colheres de sopa de azeite
2 colheres de sopa de leite de coco
suco de ½ limão
coentro a gosto

Modo de fazer
Para fazer o caldo, junte a cabeça de um peixe com as cabeças e cascas dos camarões, um pouco de cebola, alho e tomate picados. Cubra com água e leve ao fogo para ferver. Quando ficar saboroso, desligue o fogo e coe (vocês podem acrescentar outros temperos como, por exemplo, salsinha).

Leve ao fogo o caldo coado e misture o açafrão a ele.

Tempere os camarões com o suco de limão e reserve.

Numa panela própria para paella ou numa rasa de barro (como a que usei) aqueça uma colher de sopa de azeite. Frite os camarões até rosarem de um lado. Vire-os, salpique um pouco de sal e aguarde rosar do outro lado. Isso levará menos de 5 minutos. Retire os camarões da panela e reserve.

Na mesma panela, refogue brevemente os mexilhões e também reserve.

Coloque mais duas colheres de azeite na panela e frite o alho, a cebola e os cubos de peixe. Salpique um pouco de sal e assim que o peixe esbranquiçar, junte o tomate picado. Acrescente o arroz e mexa bem.

Coloque 4 xícaras do caldo fervente, experimente o sal (no caldo) e acerte se necessário. Tampe a panela e abaixe o fogo.

Quando o caldo quase secar (aqui aconteceu depois de 17 minutos de cozimento), experimente o ponto do arroz. Se estiver bom, junte os camarões e mexilhões e tampe novamente a panela até terminar de secar. Se ainda estiver durinho, coloque mais uma xícara de caldo fervente, cubra novamente a panela e aguarde quase secar. Junte então os camarões e mexilhões e tampe a panela até secar por completo.

Na hora de servir, regue com leite de coco e azeite e salpique a cebolinha e o coentro.

paella na panela de barro

Já o serviço de saúde britânico afirma ser possível ter ereção ingerindo uma pílula até quatro horas antes .

Você também pode gostar...

12 comentários

  1. Guilherme diz:

    Grannnnnnnnnnnnde Maria!

    Como tá a viagem de férias? Não vá deixar de ir à Itália, berço da civilização, da gastronomia e da cultura.

    Mas vem cá…. vc tocou no meu ponto fraco.. " frutos do mar ".

    Assim vc me mata…que vilã! Prato perfeito e fácilimo de fazer.

    Farei amanhã ( quarta sem lei ) para ver o campeonato brasileiro.

    Obrigado e beijos. aproveite as férias.

    1. A Itália merecerá uma viagem só pra ela. Parte da família do meu avô ainda está na Sardenha e espero um dia, em breve, poder dedicar bons dias a essa região. Mas as férias vão muito bem, comendo e bebendo com fartura e bom preço em Portugal. :)

      Espero que goste desse prato e, por favor, me dê notícias depois.

  2. Oi Maria! Que beleza de receita e que fotos lindas! Realmente a sua paella ficou diferente, sem carne, pimentões etc (eu até prefiro como vc fez). Ficou como um arroz de mariscos temperado com açafrão. rs. Mas quero aproveitar para dar uma dica. É que esses temperos coloridos (açafrão, curry, colorau) soltam mais a cor quando dissolvidos em óleo. Por isso, o ideal é colocar o açafrão na hora de refogar o alho com a cebola no azeite. A mesma coisa com o colorau, quando se faz a moqueca (sou sua conterrânea, tb morando longe da terrinha). Experimenta fazer assim! Espero ter contribuído para aperfeiçoar (se é que é possível!) a sua receita. Amo seu blog. Parabéns! Bjos!

    1. Claro que contribuiu, Sophia! Obrigada :)
      Eu li em algumas receitas essa diluição no caldo e por isso utilizei assim, mas pode ter certeza que experimentarei dissolvê-lo no azeite na próxima paella, arroz ou massa que fizer comn açafrão.
      Beijo!

  3. Iris Di Ciommo diz:

    este eu provei, divino!!!! que privilégio!!!!!

    E Boa viagem!

  4. Maravilhosa belíssima receita, a farei sempre

    1. Que ótimo saber que gostou, Nikita!!!

  5. ADOREI

  6. Ariana diz:

    Hmm parece boa, vou fazer amanhã pro dia das mães :)

  7. Oi Maria, muito boa e facil essa receita e, melhor ainda, sendo feita e servida na panela de barro.
    Sou baiano, mas sou radicado há muitos anos no ES (sua terrinha) e aqui em casa adoras moquecas e frutos do mar.
    Obviamente que tentar reproduzir esta receita aqui em casa.
    Parabéns pelo seu blog…. é o meu primeiro comentário mas já o sigo há algum tempo.
    Felicidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.