Caldo de sururu e peixe, uma receita de reaproveitamento

Estávamos de frente pra praia, num daqueles momentos perfeitos que conjugam fome, boa companhia, cerveja gelada e um peixe levíssimo. Já nos preparávamos para pedir a sobremesa quando alguém falou: “vamos levar esse finalzinho de moqueca, né?!”. Olhei pra panela de barro que com tanta dignidade e calor havia abrigado nosso almoço e tudo que vi se resumia a restos de tempero, caldo e talvez uma posta de peixe. Convenhamos, moqueca já não é um prato com uma apresentação muito bonita; depois de quatro pessoas se servirem e repetirem então…! Relutei um pouco, mas se faziam tanta questão, tudo bem.sururu 01

No dia seguinte não quis nem pensar naquela marmita e logo propus almoçarmos fora. Mas quando menos esperava uma idéia me veio à cabeça: caldo de sururu pro jantar! E assim que saímos do restaurante seguimos em direção à peixaria para comprar sururu (na minha terra ele se chama assim, mas pode ser que para você se chame mexilhão;).

Coloquei para ferver numa panela um pouco de água temperada com molho de soja, limão, salsinha, sal e coentro. Enquanto isso os mexilhões foram bem lavados com uma escovinha e entraram no líquido já fervente. Panela tampada e em alguns minutos o vapor se encarregou de abrir as conchas. Coei e reservei o líquido do cozimento.

Encarei a marmita de moqueca fria descartando o que era pele de peixe; todo o resto foi pra panela com metade do caldo do cozimento reservado. E enquanto tudo se misturava e aquecia, o cheiro ia me lembrando do delicioso tempero da moqueca, com um toque de dendê e de leite de coco. Um pouquinho mais de sal… misturei os mexlhões… e já no prato finalizei o caldo de sururu com uma cebolinha picada.

E o que iria pro lixo se juntou a R$5 de sururu e se transformou num jantar pra lá de especial. Agora adivinhem quem na próxima moqueca fará questão de trazer pra casa o que sobrar??!

Viagra está indicado para o tratamento da disfunção erétil, como medicamento para hipertensão arterial

Você também pode gostar...

7 comentários

  1. Antonio diz:

    Divino!

    1. Adorei o divino vindo de quem jurava não gostar de sururu até o caldo ser servido. ;**

  2. celialice diz:

    Adoro sururu! e veja que ótimo não destinar ao lixo um molho de moqueca e todo o labor e ingredientes nele envolvido! parabéns

    1. Nem me fale!! Na sua próxima passagem por Ubatuba providenciaremos a moqueca com vista pro mar seguida de caldo de peixe com sururu. ;*

  3. Hum que delícia! E que saudades do verão!

    Aproveito para te convidar à participar do sorteio lá no meu blog, o Gourmandisme: uma cesta de produtos Hershey's!! beijos

    1. Adorei o sorteio, Bruna! E já estou participando! :))
      Beijão e obrigada por vir me convidar.

  4. […] Caldo de sururu e peixe: essa é uma receita em que o peixe usado é sobra de outra refeição, ideal para quem gosta de […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.