Frango ensopado com chimichurri e linguiça

Frango ensopado com chimichurri e linguiça

Esta receita de frango ensopado derivou da ótima repercussão de uma outra, também de frango com chimichurri. Minha mãe e meu marido amam esse tempero e eu, até então, não lhe atribuía muito valor. De lá pra cá, tudo mudou.

Comprei um frango caipira inteiro e enquanto o cortava em partes – atividade com a qual ainda necessito de intimidade – a cabeça, os pés e parte da carcaça ferviam com temperos para virar caldo. Ainda não tinha em mente como seria o tempero mas quando pensei no chimichurri apostei que boa coisa sairia e anotei cada ingrediente e quantidade. Bem fiz eu, porque gostei tanto da combinação que agora tenho timtim por timtim pra repetir por aqui e para passar pra vocês.

Ingredientes para o frango ensopado
1 frango pequeno cortado em pedaços (8 ou 10)

1 lata de tomate pelado
2 colheres de sopa de chimichurri
50 gramas de linguiça calabresa cortada em rodelas

1 maçã descascada e ralada grossa
1 cenoura cortada em rodelas
1 colher de sopa de sal
caldo de galinha
azeite ou óleo

Modo de fazer o frango ensopado com linguiça e chimichurri
Pique os tomates pelados e, mantendo-os no seu caldo, junte o chimichurri. Reserve e deixe hidratando.

Acenda o forno em temperatuta média.

Aqueça uma panela que possa ir ao forno (eu usei uma de barro), coloque um pouco de óleo ou azeite e as rodelas de linguiça (eu acrescentei também um pouco de outro embutido que tinha aqui, semelhante ao salame). Quando elas começarem a mudar de cor, junte os pedaços de frango e frite até dourarem dos dois lados.

Frango ensopado com chimichurri e linguiça

Aqueça o caldo de galinha (usei entre uma e duas xícaras mas isso vai depender da largura da sua panela).

Quando o frango estiver dourado, junte na panela o tomate com chimichurri, o sal, o caldo de galinha fervente e a maçã ralada. Tampe, leve ao forno pré-aquecido e reduza a temperatura. Passados 30 minutos, junte as rodelas de cenoura e prove o tempero. Acerte se for o caso e mantenha no forno até o frango ficar bem macio.

Com tantas opções no mercado, que já foi motivo para muitas polêmicas – principalmente devido à casos de infarto envolvendo o uso .

Você também pode gostar...

8 comentários

  1. Marina Maria diz:

    Maria, morro de vontade de comprar um frango caipira inteiro – mas do mesmo jeito morro de medo de como cortá-lo! haha. Me imagino toda jeca fazendo isso. Mas acho que vai ser minha resolução para 2012.

    Beijoca

    1. É uma aventura, Marina! Não tenha vergonha de parecer jeca em algumas situações; eu mesma vou cortando e morrendo de rir – sozinha – de mim mesma. A tesoura (própria pra isso) ajuda bastante. Coloca aí na listinha pra 2012 e depois me conta. :)
      Beijão!

  2. Ai que delicia Maria, adoro um franguinho caipira e essa receita está fantástica, a apresentação como sempre show. Bjos ótimo final de semana

    1. Tive que me esforçar pra essa apresentação, Josy, porque o prato no qual comi – e onde fiz as primeiras fotos que logo vetei – não estava nada bonito. rsrs Também amo frango caipira; na verdade, em casa só consumo caipira.
      Ótimo final de semana e obrigada pela visita. ;*

  3. celialice diz:

    Ficou delicioso!!! O frango, apesar de bem temperado, muito delicado, 3e a polenta leve, molinha, acompanhou divinamente!

    1. E a companhia de mãe tornou tudo mais gostoso. :)

  4. Oi Maria,

    me pareceu delicioso esse franguinho!! O tempero chimichurri é aquele comprado pronto mesmo, desidratado?

    Abraços, Cecília

    1. Ele mesmo, Cecília. Hidratou direto no caldo do tomate. ;)
      Beijo. (e se fizer por aí me conta)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.