Coxas de pato assadas com batata

Poucos leitores do DigaMaria dão bola para posts com receitas de pato. Já notei. Mas os poucos que se manifestaram quando as postei, o fizeram com empolgação, felizes com uma receita nova ou com a possibilidade de desmitificar essa ave e prepará-la pela primeira vez. coxas de pato

Coxas de pato assadas com batata

Esta receita de coxas de pato assadas com batata é mais uma grande oportunidade para os dois casos. Encontrei-a num dos livros da Nigella, o Recipes from the heart of the home, e amei já na primeira execução: pela lista enxuta de ingredientes, por poder levar tudo ao forno e só voltar quando o timer apitar e pelo sabor e textura maravilhosos. As coxas de pato ficaram macias e as batatas crocantes por fora e tenras por dentro. Portanto, façam bom proveito aqueles que adoram pato. E os demais, por favor me expliquem o porquê de não darem bola. ;)

Ingredientes para duas pessoas
2 pernas de pato (no meu caso, 2 coxas)
500 gramas de batata com casca
ervas frescas (usei sálvia e tomilho)
sal e pimenta do reino a gosto

Modo de fazer as coxas de pato com batata
Pré-aqueça o forno a 200°C.

No fogão, aqueça em fogo médio uma panela que possa ir ao forno e que caiba os ingredientes sem muita sobra – eu usei uma de barro que poderia ser menor . Coloque as coxas de pato com o lado da pele virado para baixo até que fiquem douradas e soltem gordura. Vire as coxas e tire a panela do fogo enquanto pica as batatas em quatro ou mais pedaços: é importante que não fiquem muito grandes para que fiquem macios.

Coxas de pato assadas com batata

Acomode as batatas junto com as coxas de pato, salpique as ervas frescas, sal e pimenta do reino moída na hora.

Asse no forno pré-aquecido por duas horas, virando as batatas de vez em quando. Assim que estiverem coradas e cozidas e a carne do pato macia, retire do forno e sirva em seguida.

Coxas de pato assadas com batata

A pílula azul que revolucionou a vida sexual de homens e abriu a discussão para temas tabus como a impotência sexual entre homens e mulheres.

Você também pode gostar...

20 comentários

  1. Lucia Helena diz:

    Maria querida,eu não sou adépta de carnes por vários motivos.O principal deles é o maltrato aos animais . Mas, esta é minha visão, minha filosofia de vida! Por esse motivo não me manifesto,mas vc faz muitas coisas saborosas e merece semmmmpre nossos parabénssss pelos posts de receitas tão saborosas tanto salgadas quanto doces!

    Apesar tbmmm de evitar muito o açucar,fico muito tentada com suas maravilhosas geléias ! E olha, ja fiz várias receitas que peguei aqui viu!!!! E ficaram divinasssss….beijosssss…

    Seja feliz ai com esse lindo mar de Ubatuba !!!

    1. Olha, Lucia Helena, esse mar realmente tem me feito muito feliz. Que dias lindos tivemos nessa semana… :)
      Eu entendo quem opta por não comer carne; eu não abro mão mas busco sempre que possível fornecedores que conheço. Frango, por exemplo, há tempos não compro de granja.
      Na próxima semana teremos uma receita vegetariana e com pouco açúcar. Vejamos se vai gostar. ;)
      Beijão e ótimo domingo!

    2. fiz uma vez e gostei,embora minha esposa nem tanto, achando um pouco forte. vou fazer novamente .

      1. A carne de pato tem sabor forte mesmo. Que bom que você gostou. Há outras opções de preparo aqui no blog. :)

  2. Parabéns de novo, Maria! Pato assado, magret, etc, é um prato divino.

    Brasileiros ainda têm reserva; gostam é de patiinho (bovino) e de frango. Um dia eles chegam lá. Cultura, inclusive a enogastronômica, é um dom que demora a ser adquirido. Vou executar a sua receita. Abr. Rubens

    1. De fato o pato não está na nossa cultura, Rubens. Estamos acostumados com carnes de sabores menos fortes, né?!
      Espero que goste do resultado e volte pra me contar. :)

    2. Melhores carnes no mundo!..pato coelho e borrego!..ah è claro 1 boa bisteca ao sangue! :)

  3. Maria, tenho seguido suas receitas nas ultimas semanas (acabei descobrindo seu site meio sem querer!)

    Eu adoro pato mas acho dificl achar pra comprar.

    Achei sua receita mto pratica e facil, e acrescentaria um suco de uma laranja e alecrim de um dia pro outro pro pato ficar bem temperadinho… o suco depois pode ate jogar fora (fica a gosto do "fregues") ou por pra assar com as batatas… deve ficar magnifico!

    Assim que achar pato para comprar de novo vou fazer tua receita!

    Beijos e obrigada por sempre mandar novidades! =)

    1. Obrigada pelo comentário, Andrea.
      Não sei aonde você está, mas em São Paulo é relativamente fácil achar na rede Pão de Açúcar. Eu, por sorte, tenho comprado na feira direto com os criadores. Mas ainda assim nem sempre encontro.
      Laranja certamente fica uma delícia mas também gosto de versões que exploram mais o sabor da própria carne.
      Aqui tem uma receita de peito com alecrim e molho de redução de suco de laranja: https://digamaria.com/2011/07/peito-de-pato-para-p
      Beijo. E me conte se experimentar a receita. :)

  4. Ola. Vim visitar o seu Blog. E divinal. Que receitas mais saborosas.

    Vou voltar mais vezes. :)

    beijo e Bom final de Semana

    1. Bem-vinda, Telma! :)
      Beijo e ótimo final de semana pra você também.

  5. Wagner Cunha diz:

    Bom dia … Maria …

    Sensacional … suas receitas … dicas … e textos … parabéns … e sucesso sempre … Bj !!!

    Wagner …

    http://www.temperoseessencias.blogspot.com.br

    1. Obrigada, Wagner. :)

  6. Eliene Fonseca diz:

    OLá!

    Gostaria de saber se vc tem as outras receitas da Nigella, receitas que ela ensinou no mesmo epsódio em que ensinou a fazer as coxas de pato com batatas, era uma salada e um bolo de chocolate, vc tem a receita do bolo? obrigada se tiver e puder enviar para eu e-mail agradeço muito. ;)

    1. Olá, Ellene. Eu não assisti esse episódio; encontrei essa receita no livro da Nigella. Sinto não poder ajudar. :)

  7. Alencar diz:

    Vou fazer hoje.

    amanhã conto para vocês como foi a esperiência.

    1. Estou esperando, Alencar! Tomara que fique ótima e que você ame. :)

  8. gostei da receita , peço uma esplicação quando vai ao forno é seco, não lçeve oleo, nem azeite? Abatata coze com o vapor

  9. Marcio Severo diz:

    Fiz essa receita com uma pequena variação,

    Depois de dourar as coxas no fogão, coloquei-as para assar numa grelha na churrasqueira e as batatas em uma assadeira por baixo da grelha, para aparar a gordura. A cada 15min eu pincelei as coxas com a gordura que caiu na assadeira, isso manteve a carne bem suculenta.

    Ficou sensacional. Com um leve defumado.

    Muito bom mesmo, obrigado pela idéia :)
    Abraços

    1. Hummm… Essa gordura pingando na batata e esse defumado devem ter deixado o prato divino!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.