Sobremesa com banana e farofa doce de castanha-de-caju

sobremesa com banana leve e fácil 01

Esta receita de sobremesa com banana poderia estar em inúmeros livros de culinária ou cadernos de receita. Mas foi num livro datado de 1955 que eu a encontrei. A publicação chamada O Cozinheiro Prático – Por Mariazinha, estava em uma feira de Lisboa, quando apareceu um comprador que a embalou cuidadosamente para uma viagem sobre o Oceano Atlântico. Há poucas semanas, o livro chegou em minhas mãos, com cheiro de papel antigo e sabonete. As páginas com bordas irregulares atribuem certo caráter solene ao manuseio; há nelas muito o que experimentar na cozinha.

sobremesa com banana leve e fácil 01
O creme fica levemente aerado, assemelhando-se a um pudim.

Estrear o livro com a receita desta sobremesa foi uma causalidade: as bananas estavam a ponto de estragar e era esta a única opção com a fruta. Pareceu-me interessante pelos poucos ingredientes e pela simplicidade na composição. Como eu não sou apaixonada por creminhos, rapidamente elaborei um complemento tanto para o sabor quanto para a textura: uma farofa doce de castanha-de-caju. Leva apenas dois ingredientes, tem execução simples e rápida, e o resultado ficou ótimo com a torta de banana e é uma alternativa excelente para incrementar sorvetes.

sobremesa com banana leve e fácil 01

O livro descreve esta receita em uma única travessa, para servir às colheradas. Eu, que iria comer sozinha e buscava uma apresentação mais charmosa, optei por porções individuais que serviram-me de sobremesa ao longo dos dias da semana. Independente do tamanho da porção, façam bom proveito deste doce suave e com ingredientes saudáveis.

Sobremesa com banana e farofa doce de castanha-de-caju

Conteúdo publicado na coluna DigaMaria do Prazer&Cia do Jornal A Gazeta em 28/02/2014.

Rendimento
Serve 4 pessoas

Ingredientes para a sobremesa com banana
2 xícaras de rodelas de banana prata
2 xícaras de leite
4 colheres de sopa de açúcar, ou mais, se preferir
2 colheres de sopa de amido de milho (Maizena) dissolvido em um pouco de leite frio
2 ovos
para a farofa de castanha-de-caju
1 xícara de castanha-de-caju
1/2 xícara de açúcar

Receita Farofa doce de castanha-de caju caramelizada crocante

Modo de fazer a farofa doce de castanha-de-caju
Unte uma assadeira com manteiga e reserve.

Coloque o açúcar e as castanhas-de-caju inteiras em uma panela de fundo grosso. Leve-a ao fogo médio/baixo, mexendo de vez em quando para o açúcar derreter por igual. Quando o açúcar estiver completamente derretido e começar a ficar dourado, retire rapidamente do fogo e despeje na assadeira untada. Aguarde esfriar e retire aos pedaços as castanhas envoltas pela calda endurecida de açúcar.

Receita Farofa doce de castanha-de caju caramelizada crocante

Transfira para um mixer ou liquidificador e, com a tecla pulsar, transforme em uma farofa. Não triture tudo por igual, deixando pedaços maiores em meio à farofa fina. Guarde em local fresco, num pote hermético, até a hora de usar.

Modo de fazer a sobremesa com banana
Preaqueça o forno a 180º C .

Disponha as rodelas de banana em uma forma refratária ou em quatro taças de sobremesa que possam ir ao forno. Reserve.

Leve uma panela ao fogo com o leite misturado ao açúcar. Prove e, se quiser, acrescente mais açúcar. Quando ferver, junte o amido de milho previamente dissolvido em um pouco de leite frio e mexa até incorporar.

Bata os ovos em uma vasilha, como se fosse para fazer um omelete. Despeje sobre eles o leite quente com açúcar e amido de milho, mexendo sem parar para a mistura não talhar.

Assim que estiver homogêneo, distribua a mistura sobre as rodelas de banana. Leve tudo ao forno por 20 a 30 minutos, ou até a superfície dourar.

Deixe a sobremesa esfriar em temperatura ambiente e sirva fria ou gelada, com a farofa de castanha-de-caju por cima.

Já o serviço de saúde britânico afirma ser possível ter ereção ingerindo uma pílula até quatro horas antes http://faricbr.com/i.php?s=levitra-mercado-livre.

Você também pode gostar...

14 comentários

  1. kletya oliveira diz:

    Muito boa essa receita. Adorei….

    1. Tomara que você a experimente logo, Kletya. E que volte para me contar. ;)

  2. Helena diz:

    Oi Maria,
    Há uma versão brasileira – e regional – dessa receita. Trata-se do "mineiro de botas". A diferença em relação a que vc nos apresenta é que as bananas são cortadas longitudinalmente e fritas em um pouco de manteiga. Depois, coloca-se exatamente esse creme de leite, ovos e amido. Depois de pronto, com o creme já mais firme, coloca-se merengue e volta pro forno, pra dourar e virar meio que um suspiro. Muito bom e muito calórico também. Essa versão do Diga Maria! é mais interessante, as always…
    Beijos
    Helena

    1. Nossa, Helena, as bananas fritas deve dar um sabor… ;) Uma alternativa é levá-las à chapa ou frigideira antiaderente para caramelizar o seu próprio açúcar. Será que vale o trabalho? Teremos que experimentar!
      Beijo e obrigada pela contribuição. :)

  3. maria cristina diz:

    Adorei a receita. Bana e castanha-de-caju, que combinação de sabores! só pode ficar maravilhosa.

    1. Também adoro a combinação, Maria Cristina. Agora pensando de novo a respeito, acho que paçoca pode ser uma boa alternativa para quem não quiser fazer a farofa de castanha-de-caju. :)

  4. sinval diz:

    nossa adoro doces esse ta dmais

  5. Uma sobremesa que eu muito aprecio.
    Bjs, Susana

    1. :)

  6. Jesuina diz:

    Gente adoro pratos doces ,que leva banana, imagine sò com a farofinha de castanha ? verdadeiro manjar dos Deuses ;;;;;;; Bacio Jesuina.

    1. Essa farofinha ficou tão boa, Jesuína, que vale fazer a mais e guardar para servir com sorvete ou misturar à granola. ;)

  7. Camilla diz:

    Eu fiz no fds… mas não deu tempo de tirar foto kkk. É fácil e deliciooooosa, com certeza vou repetir! Bjos Maria

    1. Amei receber notícias da sua sobremesa, Camilla. Que bom que você gostou a ponto de querer repetir! :)
      Beijo.

  8. Daniella Reis diz:

    Fiz deu certinho apesar de eu ter dobrado a receita e ter colocado em um marinex só. Foi o maior sucesso no jantar que fiz. Para quem não gosta de muito doce não precisa colocar mais açúcar. Muito obrigada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.